Luan Guilherme de Jesus Vieira

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Luan
Luan
Divulgação Temporada 2017
Informações pessoais
Nome completo Luan Guilherme de Jesus Vieira
Data de nasc. 27 de março de 1993 (27 anos)
Local de nasc. São José do Rio Preto-SP, BRA
Nacionalidade Brasil
Informações profissionais
Clube atual Corinthians
Função Meio-campo
Altura 1,80
Destro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
293 77 0.26
  • A estatística pode estar incompleta.
Categorias de base
Anos Clubes
2012 Brasil Tanabi
2012-2013 Brasil América-SP (emp.)
2013 Brasil Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes
2012 Brasil Tanabi
2013 Brasil Catanduvense
2014-2019 Brasil Grêmio
2020-atual Brasil Corinthians
Seleção nacional de base
Anos Seleção Jogos (gols)
2014-2014 Brasil Brasil (Sub-21)    07      (07)
2015-2016 Brasil Brasil (Sub-23)    11      (06)
Seleção nacional
Anos Seleção Jogos (gols)
2017- Brasil Brasil    02      (00)
Medalhas
Ouro Futebol Masculino Rio de Janeiro 2016

Luan Guilherme de Jesus Vieira, também conhecido como Luan (São José do Rio Preto-SP, BRA, 27 de março de 1993).

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
165
100
41
24
285
115
170
68.9%
Visitante
128
52
33
43
160
125
35
49.2%
Total
293
152
74
67
445
240
205
60.3%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

O jogador

Início da carreira

Luan começou no Tanabi, clube modesto do interior de São Paulo. Passou pelo América de Rio Preto onde chamou a atenção de diversos clubes ao se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Foi vendido ao Catanduvense e logo em seguida o Grêmio se interessou pelo jogador. O time paulista só cederia o atacante caso o tricolor comprasse um pacote incluindo o volante Guilherme Amorim e o meia Kairon. As exigências foram atendidas pelo clube gaúcho e o trio desembarcou em Porto Alegre-RS.

Estreia no Grêmio

Luan chegou no Grêmio em 2013 e desde 2014 vem sendo uma das principais peças do time. Jogou pela primeira vez nos profissionais no dia 19 de janeiro de 2014. Era um time alternativo do tricolor, o goleiro era Follmann e Matheus Biteco um dos volantes, estes sobrevivente e vítima do acidente da Chapecoense em 2016 respectivamente.[1] O termômetro marcava 60º e a partida terminou em 1 a 0 para o São José, que venceu em sua casa, o Passo d'Areia pelo Campeonato Gaúcho.

Primeiro gol

Dez 10 dias após a estreia, Luan balançou a rede pela primeira vez. Foi em Pelotas, no Estádio Bento Freitas, contra o Brasil. O placar foi 1 a 1. Novamente o Grêmio atuou sem as peças principais na época e também foi comandado por Marcelo Mabília na sequência do estadual.[2]

Vice-artilheiro em 2014

Luan marcou 9 gols em 2014, apesar de Hernán Barcos, ter marcado 20 a mais, foi o vice-artilheiro do Grêmio no ano. Ao todo foram 52 partidas. Na última oportunidade da temporada empatou de falta o confronto na Arena contra o Flamengo que terminou por 1 a 1 pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

2015

No ano Luan foi o artilheiro com 18 gols em 58 partidas, temporada que o Grêmio terminou em terceiro no Campeonato Brasileiro com o time sendo comandado por Roger Machado.

2016 e o título da Copa do Brasil

Em 2016 foi o artilheiro do clube na temporada ao lado de Pedro Rocha, ambos com 12 gols. Luan foi mais que isso, virou definitivamente um dos grandes nomes do tricolor na história. Nas finais da Copa do Brasil de 2016 não marcou gols, mas balançou as redes na primeira partida contra o Cruzeiro pelas semi-finais. Em jogo truncado, o camisa 7, abriu o placar com uma pintura na entrada da área encobrindo o goleiro Fábio. A partida terminou em 2 a 0, com Douglas tendo marcado o segundo.

Tri da América

Após 22 anos o Grêmio conquistou novamente a América, foi o terceiro título da Libertadores. Na final contra o Lanús, o tricolor venceu por 2 a 1 na Argentina, Luan marcou o segundo gol driblando toda a defesa da equipe argentina e tocando por cima do goleiro adversário, sacramentando o tricampeonato. O atacante marcou 8 gols na competição, eleito o craque do torneio e posteriormente Rei da América pelo Jornal El País do Uruguai.

Grêmio Tri-Campeão da Taça Libertadores da América de 2017
Em pé: Marcelo Grohe, Jaílson, Geromel, Kannemann, Ramiro, Paulo Victor, Bressan, Michel e Cícero. Agachados: Lucas Barrios, Bruno Cortez, Edílson, Luan, Fernandinho, Arthur, Léo Moura, Jael e Everton.
Foto:http:lavinotinto.com/

Títulos gaúchos e Recopa

O camisa 7 foi campeão estadual e da Recopa Sul-Americana na quinta temporada vestindo a camisa do Grêmio, ambos pela primeira vez. Na sexta temporada repetiu o feito e foi bi-campeão gaúcho.

Maior artilheiro da Arena do Grêmio

Luan é o jogador que mais vezes balançou as redes do atual estádio gremista, o atacante marcou em 41 oportunidades, com uma média de 6,8 gols por temporada.

Fim de ciclo

Após um 2019 conturbado, com lesões e figurando na equipe reserva, Luan foi negociado com o Corinthians. O jogador estava indo para o último ano de contrato e poderia assinar um pré-contrato com outro clube em 6 meses. O Grêmio anunciou a venda de 50% dos direitos econômicos do atacante por 5 milhões de euros, além de uma porcentagem em uma futura venda.[3]

Luan deixou seu nome marcado na história do Grêmio, um dos grandes personagens do tri-campeonato da Libertadores e da retomada de títulos. Conquistou 6 títulos em 6 anos, diversos prêmios individuais, tornando-se Rei da América em 2017. Foram 293 partidas e 77 gols marcados, superando seu treinador, Renato Portaluppi, figurando no top-20 entre os maiores artilheiros da história do clube.

Seleção Olímpica

Em 2016 Luan foi peça importante na conquista do primeiro ouro Olímpico brasileiro no futebol, marcou três gols em cinco jogos, além de duas assistências. Walace foi outro então jogador gremista a ganhar medalha.[4]

Seleção Brasileira

Fez a estreia com a camisa da Seleção Brasileira principal dia 25 de janeiro de 2017 na vitória por 1 a 0 contra a Colômbia. O amistoso homenageou às 71 vítimas fatais da queda do voo da Chapecoense ocorrido em 2016. Em agosto de 2017 foi lembrado novamente por Tite e participou dos 2 a 0 sobre o Equador pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Títulos

Grêmio

Torneios Amistosos

Seleção Brasileira

  • França Torneio de Toulon Sub-21: 2014
  • Medalha de Ouro - Jogos Olímpicos.png Jogos Olímpicos Sub-23: 2016

Prêmios individuais

Entrevistas

Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
São José 1 x 0 Grêmio - 19/01/2014
Último Jogo
Grêmio 0 x 1 Bahia - 16/10/2019


Referências