Bruno Cortês Barbosa

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Bruno Cortez
Bruno Cortez
Divulgação Temporada 2017
Informações pessoais
Nome completo Bruno Cortês Barbosa
Data de nasc. 11 de março de 1987 (32 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ) Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,78 m
Esquerdo
Informações profissionais
Clube atual Brasil Grêmio
Número 12
Posição Lateral-esquerdo
Números no Grêmio como Jogador
Jogos Gols Média
144 2 0.01
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes de juventude
2006 Brasil Arturzinho
Clubes profissionais2
Anos Clubes
2007
2007
2008
2009-2010
2011
2011
2012-2017
2013
2014
2015-2016
2017-
Brasil Paysandu
Qatar Al-Shahaniya
Brasil Castelo Branco
Brasil Quissamã
Brasil Nova Iguaçu
Brasil Botafogo
Brasil São Paulo
Portugal Benfica (emp.)
Brasil Criciúma (emp.)
Japão Albirex Niigata (emp.)
Brasil Grêmio




Bruno Cortês Barbosa (Rio de Janeiro-RJ, 11 de março de 1987) mais conhecido como Cortez[1], é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente joga pelo Grêmio.

O jogador

Antes mesmo de enfrentar dificuldades para conseguir vingar na carreira de jogador de futebol, ele sofreu diversos tombos, como a morte de sua mãe durante o trabalho de parto de seu irmão, que também acabou falecendo durante o ato. Na época, com apenas 11 anos de idade e sem pai, que também faleceu quando ele era criança, foi criado pelos tios e vizinhos. Mas nada disso fez ele desistir do sonho de ser jogador.[2]

Cortez começou a jogar futebol como atacante em 2006, no Centro de Futebol Arturzinho, no Rio de Janeiro. Em 2007, foi emprestado às categorias de base do Paysandu, mas jogou apenas uma partida, contra a Tuna Luso, pelo Campeonato Paraense. Ainda em 2007, Cortez foi para o futebol asiático, e jogou pelo Al-Shahaniya, do Qatar. Passou pelo Castelo Branco em 2008. Depois foi para o Quissamã durante os anos de 2009 e 2010. Em janeiro de 2011, chegou ao Nova Iguaçu. Disputou 14 partidas no Campeonato Carioca e foi eleito o Melhor lateral-esquerdo do Campeonato.

Botafogo

Em abril de 2011, o Botafogo adquiriu 50% de seus direitos federativos após o Campeonato Carioca de 2011. O lateral disputou 28 jogos pelo clube no Brasileirão, e foi eleito o Melhor lateral-esquerdo do Campeonato. As grandes atuações lhe renderam uma convocação para a Seleção Brasileira, que disputou um amistoso contra a Argentina.

São Paulo

No dia 17 de dezembro de 2011, o São Paulo pagou R$ 7 milhões ao Botafogo por Cortez.

Logo na sua primeira competição pelo clube, foi eleito o Melhor lateral-esquerdo do Campeonato Paulista 2012.

Em sua primeira temporada no clube paulista, Cortez foi o jogador que mais atuou em 2012 pelo São Paulo, tendo feito 74 das 78 partidas do clube. Em dezembro, conquistou a Copa Sul-Americana de forma invicta.

Em maio de 2013, caiu de produção, perdeu a vaga para Carleto, e acabou sendo afastado do elenco.

Benfica

Foi emprestado ao Benfica, por 1 ano, com opção de compra, após o fim do contrato. Contudo, no final de 6 meses de empréstimo o atleta foi devolvido por não ter obtido um rendimento satisfatório.

Criciúma

No dia 2 de abril de 2014, Cortez foi emprestado ao Criciúma até o fim do ano.

São Paulo

Após uma longa negociação com o Albirex Niigata, do Japão, o São Paulo anunciou o empréstimo de Cortez ao clube japonês. No dia 17 de janeiro de 2015, Cortez renovou seu contrato com o clube paulista até 30 de junho de 2017, e viajou para a Ásia.

Albirex Niigata

Cortez foi anunciado, no dia 20 de janeiro de 2015[3], como reforço do Albirex Niigata para a disputa da J-League 2015. O contrato de empréstimo seria por duas temporadas, e Cortez estava animado com a chance no futebol japonês.

E Cortez estreou como titular na 1ª rodada da J-League 2015, no dia 07 de março de 2015. Em toda a temporada, o lateral participou de 33 jogos. O Albirex Niigata escapou por pouco do rebaixamento, ficando em 15º na tabela, na frente apenas dos três clubes rebaixados.

Na temporada 2016, Cortez seguiu como titular absoluto, somando ao final da temporada 33 jogos e 1 gol marcado. O Albirex Niigata repetiu o fraco desempenho, ficando em 15º na tabela, na frente apenas dos três clubes rebaixados.

Cortez encerrou sua passagem pelo Albirex Niigata com 66 jogos e 1 gol marcado.

São Paulo

No dia 12 de janeiro de 2017, após dois anos atuando no Japão, Cortez retornou ao São Paulo, onde tinha contrato até 30 de junho de 2017. Declarou que estava negociando a rescisão para sair do clube paulista:

Grêmio

Cortez desembarcou em Porto Alegre na segunda-feira, 23 de janeiro de 2017, e foi integrado aos treinamentos junto com o grupo de jogadores do Grêmio[4]. Na sexta-feira, 27 de janeiro, Cortez rescindiu seu contrato com o São Paulo, que iria até 30 de junho de 2017. No dia seguinte, Cortez participou do jogo-treino no CT Luiz Carvalho, onde o Grêmio venceu o Aimoré por 1 a 0. Logo após o jogo, o Grêmio anunciou que Cortez estava de contrato assinado com o Tricolor, até dezembro de 2017, com possibilidade de prorrogação por mais uma temporada. Na manhã de segunda-feira, 30 de janeiro, Cortez foi apresentado oficialmente pelo Grêmio no CT Luiz Carvalho.

Entrevistas

Títulos

São Paulo
Seleção Brasileira
  • Superclássico das Américas: 2011
Benfica
  • Portugal Primeira Liga: 2013–14
  • Portugal Taça de Portugal: 2013–14
  • Portugal Taça da Liga: 2013–14
Grêmio

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
79
51
14
14
148
45
103
70.5%
Visitante
65
36
14
15
92
48
44
62.6%
Total
144
87
28
29
240
93
147
66.9%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Banco de dadosJogos de Cortez pelo Grêmio

Estreia
Flamengo 2 x 0 Grêmio - 08/02/2017
Último Jogo
Grêmio 0 x 2 Caxias - 22/01/2020


Referências

  1. Bruno Cortês vira Cortez SporTV (23 de janeiro de 2012). Visitado em 01 de fevereiro de 2017.
  2. Simplório, tranquilo e calejado pela vida difícil na infância, jogador não pensa em ser uma celebridade do futebol Estado de São Paulo (11 de outubro de 2011). Visitado em 01 de fevereiro de 2017.
  3. São Paulo manda Cortez para o Japão Estadão (20 de janeiro de 2015). Visitado em 01 de fevereiro de 2017.
  4. Cortez já treina no Grêmio Zero Hora (24 de janeiro de 2017). Visitado em 01 de fevereiro de 2017.