Alisson Euler de Freitas Castro

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Alisson
Alisson
Divulgação Temporada 2018
Informações pessoais
Nome completo Alisson Euler de Freitas Castro
Data de nasc. 25 de junho de 1993 (26 anos)
Local de nasc. Rio Pomba-MG, BRA
Nacionalidade Brasil
Informações profissionais
Clube atual Grêmio
Função Meio-campo
Altura 1,74
Destro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
108 17 0.16
  • A estatística pode estar incompleta.
Categorias de base
Anos Clubes
2007 Brasil Cruzeiro
2008 Brasil Cabofriense
2009-2012 Brasil Cruzeiro
Clubes profissionais
Anos Clubes
2012-2017 Brasil Cruzeiro
2013 Brasil Vasco (emp.)
2018-atual Brasil Grêmio
Seleção nacional de base
Anos Seleção Jogos (gols)
2014-2014 Brasil Brasil (Sub-20)    5      (2)
2014-2014 Brasil Brasil (Sub-21)    3      (0)
2015-2015 Brasil Brasil (Sub-23)    4      (0)

Alisson Euler de Freitas Castro, também conhecido como Alisson (Rio Pomba-MG, BRA, 25 de junho de 1993).

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
55
33
13
9
105
37
68
67.9%
Visitante
53
27
9
17
69
43
26
56.6%
Total
108
60
22
26
174
80
94
62.3%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

O jogador

Início da carreira

Alisson chegou ao Cruzeiro em 2007 quando tinha 14 anos e ficou na base por seis temporadas. Se destacou atuando pela equipe Sub-20, onde foi bi-campeão brasileiro da categoria, vencendo os anos de 2010 e 2012.

Cruzeiro

Em 2013 subiu para o elenco profissional do Cruzeiro. Marcou seu primeiro gol em jogos oficiais contra a equipe do Tombense, pelo Campeonato Mineiro de 2013. Mesmo não tendo tantas oportunidades em 2013 fez parte do elenco campeão brasileiro do mesmo ano. Em 2014 conquistou seu primeiro titulo estadual pelo clube. Participou também da Copa Libertadores da América e no final do ano conquistou seu segundo brasileiro consecutivo, o quarto na história do Cruzeiro. Em 2014 foi titular em várias partidas do segundo turno do Campeonato Brasileiro, porém com duas lesões na coxa, não conseguiu ter a sequência que gostaria. Mas Alisson mesmo assim foi muito importante para a campanha da conquista do Tetra. Jogador muito importante no elenco celeste em 2017, sendo um dos que mais atuaram. Seja como titular, seja como reserva e entrando no 2º tempo. Alisson sempre mostrou seu bom futebol e raça em campo. Atuando pelas beiradas do campo e pelo centro ou no ataque. Alisson se destacou com gols, bons passes e armações de jogadas. Em 28 de junho de 2017, Alisson renovou para mais quatro anos. Seu vínculo com o clube celeste, que ia até o meio de 2018, foi prorrogado para junho de 2021.

Vasco

Para adquirir Dedé, o Cruzeiro teve de emprestar a promessa para o Vasco, onde marcou seu primeiro gol sobre o Atlético Mineiro. Entretanto, após a troca de treinador no clube, Alisson perdeu a titularidade e ficou sem jogar. Com isso, Marcelo Oliveira o trouxe de volta depois de quatro meses de empréstimo.

Grêmio

No 9 de janeiro de 2018, Alisson foi anunciado junto com Thonny Anderson como jogador do imortal. O atleta foi envolvido em uma negociação com o lateral direito Edílson, que trocou o tricolor gaúcho pela equipe azul celeste, o Grêmio ainda obteve 30% de seus direitos econômicos, com opção de compra de outro percentual igual.[1]

O meia fez sua estreia na derrota para o Caxias por 5 a 3 na Arena atuando junto com o time de transição comandado pelo então técnico César Bueno. Na segunda partida com o grupo principal marcou seu primeiro gol com a camisa gremista. Ele comentou, em entrevista coletiva, como é a relação com o treinador neste início de trabalho em Porto Alegre:[2]

Campeão da Recopa Sul-Americana, jogando as duas partidas, sendo a segunda como titular, Alisson falou sobre o início no clube com o êxito no torneio internacional:[3]

Saiu do banco para marcar nas duas partidas da final do Campeonato Gaúcho de 2018 contra o Brasil de Pelotas, na ida na Arena vitória por 4 a 0, na volta, no Bento Freitas outro resultado positivo, desta vez por 3 a 0 e título estadual após 8 anos.

Fez o gol salvador contra o Estudiantes nas oitavas Libertadores, a partida estava empatada com um tento para cada lado, quando aos 47 minutos do segundo tempo, marcou e com o placar de 2 a 1 o confronto foi para os pênaltis, que terminariam em 5 a 3. O meia-atacante foi um dos batedores, convertendo a quarta cobrança pelo lado azul, preto e branco, ajudando o Grêmio a passar de fase.

O atleta virou uma espécie de 12º jogador de Renato Portaluppi, sendo o reserva mais utilizado na temporada 2018. Isso não o impediu de ser um dos artilheiros do time, ao lado de Everton, Jael e Luan, este último, amigo de longa data. Alisson conheceu o camisa 7 gremista em 2015 quando foram convocados para a Seleção Brasileira Sub-23 que se preparava para os jogos Olímpicos de 2016, mas só o Rei da América de 2017 estava na equipe que recebeu o Ouro.[4]

Títulos

Cruzeiro
Grêmio

Entrevistas

Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
Grêmio 3 x 5 Caxias - 20/01/2018
Último Jogo
Grêmio 0 x 0 Internacional - 12/03/2020


Referências