Fernando Lucas Martins

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Fernando
Fernando
Divulgação
Informações pessoais
Nome completo Fernando Lucas Martins
Data de nasc. 03 de março de 1992 (28 anos)
Local de nasc. Erechim-RS, BRA
Nacionalidade Brasil
Informações profissionais
Função Volante
Registro CBF 293957
Altura 1,75m
Destro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
144 11 0.08
  • A estatística pode estar incompleta.
Categorias de base
Anos Clubes
2001-2009 Brasil Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes
2009-2013 Brasil Grêmio
2013-2015 Ucrânia Shakhtar Donetsk
2015-2016 Itália Sampdoria
2016-2019 Rússia Spartak Moscou
2019-atual China Beijing Guoan
Seleção nacional de base
Anos Seleção Jogos (gols)
2011-2011 Brasil Brasil (Sub-20)       
Seleção nacional
Anos Seleção Jogos (gols)
2012-2013 Brasil Brasil       

Fernando Lucas Martins, também conhecido como Fernando (Erechim-RS, BRA, 03 de março de 1992).

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
68
48
9
11
124
47
77
75%
Visitante
76
30
17
29
113
109
4
46.9%
Total
144
78
26
40
237
156
81
60.2%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Icone Livro.png História

Fernando começou jogando nas categorias de base do Juventude, de onde se transferiu para as categorias de base do Grêmio. Subiu para o elenco principal após ser Campeão Brasileiro Sub-20 de 2009 pelo Grêmio. Foi apontado como um dos principais jogadores da conquista. Desde cedo era notório seu desenvolvimento nas competições de base do Tricolor, destacando-se pela marcação forte, chute potente e preciso, e boa saída de jogo. É especialista em cobranças de falta.

Grêmio

No dia 28 de junho de 2009 fez sua estreia nos profissionais pelo Campeonato Brasileiro, entrando no segundo tempo no lugar de Hélder. A partida foi contra o Sport e terminou 3 a 1 para a equipe pernambucana, na Ilha do Retiro. Este foi seu único jogo neste ano. Em 2010, com a contratação do novo treinador, Silas, Fernando recebeu mais oportunidades, e marcou seu primeiro gol como profissional na vitória por 3-1 contra o Inter de Santa Maria, válido pela 3ª rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho, competição vencida pelo Grêmio. A temporada de 2011 começou de forma diferente para o jovem volante, de 16 de janeiro a 12 de fevereiro, Fernando participou da conquista do Campeonato Sul-Americano de Futebol Sub-20 de 2011, sendo titular e destaque na campanha. Na volta para Porto Alegre acabou ficando na reserva dos experientes Fábio Rochemback e Adílson, mas, mesmo sendo reserva, participou de 4 jogos da Libertadores. No Campeonato Brasileiro, sob comando do treinador Renato Portaluppi, Fernando recebeu poucas oportunidades. Com a demissão de Renato Portaluppi, o Grêmio apostou no inexperiente Julinho Camargo, porém, o novo treinador fica apenas um mês no comando e dá lugar ao veterano Celso Roth. Fernando, que havia voltado da conquista do Campeonato Mundial de Futebol Sub-20 de 2011, mais uma vez como destaque, recebe a chance para ser titular no clássico Grenal, válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Grêmio vence o jogo por 2x1 e Fernando, a partir deste jogo, ganha a posição de Adílson. Em 2012, destacou-se como um volante de muita marcação e de muita confiança do técnico Vanderlei Luxemburgo, fazendo dupla de volantes com o Souza, sendo apontado como um dos principais jogadores da equipe gaúcha, que terminou o Brasileirão 2012 na 3ª colocação, garantindo a participação na Libertadores 2013. Fernando terminou o ano marcando 6 gols, sendo 2 em cobranças de falta. Com grandes atuações em 2013 pelo Grêmio e frequentes convocações para a Seleção Brasileira, grandes clubes europeus demonstraram interesse no jovem volante.

Shakhtar Donetsk

Foi vendido por 10 milhões de Euros (31,5 milhões de reais na cotação da época), assinando contrato de 5 anos com a equipe ucraniana.

Sampdoria

Em 2015 acertou sua ida à Sampdoria, por 9 milhões de Euros.

Spartak Moscou

Foi vendido para o Spartak Moscou por 12 milhões de Euros, onde assinou contrato até 2021.

Seleção Brasileira

Com boa fase no Grêmio, a convocação de Fernando para a Seleção Brasileira foi natural, sendo convocado por Mano Menezes para o Superclássico 2012 contra a Argentina. Acabou ficando no banco na partida de ida, mas, para a partida de volta em Buenos Aires, Mano Menezes não convocou jogadores Grêmio e São Paulo, à época únicas equipes brasileiras na Copa Sul Americana. Menos de um mês depois, foi convocado para os amistosos contra o Iraque e o Japão, e foi contra a Seleção Iraquiana que fez sua estreia, entrando no lugar de Paulinho. Na partida contra o Japão acabou não entrando. Com a troca de técnico na Seleção Brasileira, Fernando voltou a ser convocado para os dois jogos mais importantes antes da convocação para a Copa das Confederações de 2013, contra as seleções da Itália e Rússia. Atuando os 90 minutos nas duas partidas e recebendo elogios não apenas do treinador atual {Scolari, mas também da mídia, inclusive estrangeira.

Títulos

Grêmio
Shakhtar Donetsk
  • Ucrânia Campeonato Ucraniano: 2013–2014
  • Ucrânia Supercopa da Ucrânia: 2014
Spartak Moscou
  • Rússia Campeonato Russo: 2016–2017
  • Rússia Supercopa da Rússia: 2017
Seleção Brasileira
  • Bandeiras da América do Sul.gif Campeonato Sul-Americano de Futebol Sub-15: 2007
  • Bandeiras da América do Sul.gif Campeonato Sul-Americano de Futebol Sub-17: 2009
  • Bandeiras da América do Sul.gif Campeonato Sul-Americano de Futebol Sub-20: 2011
  • Campeonato Mundial de Futebol Sub-20: 2011
  • Superclássico das Américas: 2012
  • Copa das Confederações FIFA: 2013

Prêmios individuais


Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
Sport 3 x 1 Grêmio - 28/06/2009
Último Jogo
Grêmio 2 x 0 Náutico - 26/05/2013


Referências