Mário Figueira Fernandes

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Mário Figueira Fernandes
Mário Figueira Fernandes
Divulgação Temporada 2012
Informações pessoais
Nome completo Mário Figueira Fernandes
Data de nasc. 19 de setembro de 1990 (28 anos)
Local de nasc. São Caetano do Sul (SP) São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasil-Rússia
Altura 1,97 m
Peso 77 kg
Direito
Apelido Super Mário
Informações profissionais
Clube atual CSKA Moscou
Número 2
Posição Lateral-Direito
Números no Grêmio como Jogador
Jogos Gols Média
4 0 0
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes de juventude
2006-2009
2009
São Caetano
Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes
2009-2012
2012-
Grêmio
CSKA Moscou



Mário Figueira Fernandes, mais conhecido como Mário Fernandes (São Caetano-SP, 19 de setembro de 1990 é um futebolista brasileiro, naturalizado russo que atua como lateral direito ou zagueiro. Atualmente joga no CSKA Moscou.

O jogador

Início da carreira

Começou a carreira no futsal jogando em um clube de sua cidade natal o SERC Santa Maria, clube na qual seu tio Sergio o levava para ver seu primo jogar. Mesmo sentindo medo de jogar no início seu tio via potencial tanto nele quanto em seu irmão Jonatas Fernandes. Filho de professor de escolinha de futsal, Mário Fernandes sempre se destacou por seus belos dribles, presença ofensiva e velocidade, indo jogar no São Caetano na categoria infantil.

Grêmio

Ainda nos juniores da equipe paulista, foi comprado pelo Grêmio em janeiro do ano de 2009, obrigando-o a se mudar de estado e morar em Porto Alegre. Mário sempre foi conhecido por tua timidez pessoal, não saia para muitas festas. Porém, sempre foi dedicado aos treinos, arrancando elogios do técnico Julinho Camargo e sendo aposta para subir meses depois ao time profissional da equipe gaúcha. Ganhou a primeira oportunidade do técnico Paulo Autuori tendo a responsabilidade de jogar improvisado na lateral direita o Gre-Nal que comemorava os 100 anos de rivalidade dos clubes gaúchos. Fazendo uma atuação destacada, foi responsável por anular o atacante colorado, Nilmar. Também marcou presença no ataque do adversário, fazendo belas jogadas e sendo aplaudido ao fim do jogo pela torcida por sua ótima atuação. Nesse jogo, o Grêmio venceu o Internacional por 2-1 em jogo realizado no Estádio Olímpico Monumental, válido pelo Campeonato Brasileiro de Futebol. Ao logo do ano, disputou 19 jogos da competição nacional, sendo 18 deles começando como titular. Na final do Campeonato Gaúcho de Futebol de 2010, jogou a partida inteira na zaga ao lado de Rodrigo. Foi fundamental ao marcar o atacante Walter, jogo que o Grêmio derrotou o Internacional no Estádio Beira Rio por 2-0. No jogo de volta, realizado no Estádio Olímpico, sua equipe perdeu por 1-0, mas na soma dos resultados, o tricolor acabou sagrando-se campeão da competição. Foi o primeiro título expressão de Mário Fernandes, que atuou 16 partidas e marcou um gol contra o Esportivo de Bento Gonçalves ainda no começo do torneio. Porém, mesmo com a ótima fase, seu 2010 acabou não terminando como Mário planejava. Devido a uma lesão no ombro direito enquanto jogava um Gre-Nal na cidade de Erechim, teve que ser submetido a uma cirurgia no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre. Participou dos jogos do Grêmio da Copa do Brasil machucado, porém contra o Avaí, em Florianópolis, voltou a sentir dores e ficou meses afastado. Voltou a jogar uma partida oficial somente no mês de outubro, mas não repetiu as mesmas atuações devido a falta de ritmo. No Brasileiro, disputou apenas duas partidas, competição a qual sua equipe ficou em quarto lugar, garantindo vaga para a Copa Libertadores da América. Começou o ano de 2011 pouco relacionado nos jogos da Libertadores, perdendo espaço para Gabriel na lateral direita e para os zagueiros Paulão e Rodolfo. Com isso, disputou alguns jogos do Campeonato Gaúcho, competição onde o Grêmio se sagrou campeão do primeiro turno ao derrotar novamente no Estádio Olímpico Monumental o SER Caxias. Após um empate em 2x2 no tempo normal, vitória por 4x2 nas cobranças de pênaltis. No campeonato estadual, jogou 16 partidas e marcou um gol. Nesse mesmo ano, com a troca de treinadores e Celso Roth assumindo o cargo, Mário Fernandes virou titular absoluto, o que não se tinha visto muito na era Renato Portaluppi. Se destacou em jogos importantes, como o Gre-Nal que levantou o moral da equipe após derrotas e chegar a ser candidato a rebaixamento. Também foi fundamental ao marcar Ronaldinho Gaúcho no reencontro do craque com a torcida do Grêmio após as polêmicas no começo do ano do jogador preferir o Flamengo ao clube gaúcho. No Campeonato Brasileiro de Futebol, jogou 33 partidas, marcou 1 gol e deu 7 assistências. Na 1º rodada do Campeonato Gaúcho de 2012, Mário Fernandes foi o único jogador do Grêmio presente na seleção da rodada. No Clássico Grenal disputado em 5 de Fevereiro, válido pela 5º rodada, Mário Fernandes que estava sendo o principal jogador do Grêmio no 1º tempo, sofreu uma falta violenta e na queda machucou o ombro direito, com isso teve que desfalcar o Grêmio de 3 a 4 semanas. No dia 7 de Março, foi divulgada um relatório da Pluri consultoria revelando os 25 jogadores mais valiosos da copa do Brasil 2012, Mário Fernandes foi considerado o 6º jogador mais caro, avaliado em 15,3 milhões de reais.

CSKA Moscou

o dia 16 de abril de 2012, o Grêmio acertou a venda de Mário Fernandes, para o CSKA, da Rússia onde assinou cinco anos de contrato. O CSKA Moscou pediu imediatamente a transferência do jogador para a Rússia pois entendeu não ser uma boa ideia ele permanecer disputando partidas pelo Grêmio, correndo o risco de uma nova lesão. O valor do negócio foi avaliado em 15 milhões de euros, sendo o Grêmio detentor de 50% do passe do atleta. Os outros 50% são de empresários.

Títulos

Grêmio

  • Campeonato Gaucho: 2010

CSKA Moscou

  • Campeonato Russo: 2012-13, 2013-14, 2015-16
  • Copa da Russia: 2012-2013
  • Supercopa da Rússia: 2013, 2014

Referências