Ênio Vargas de Andrade

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Ênio Andrade
Ênio Andrade

Ênio Vargas de Andrade

Informações pessoais
Nome completo Ênio Vargas de Andrade
Data de nasc. 31 de janeiro de 1928
Local de nasc. Porto Alegre-RS, BRA
Nacionalidade Brasil
Falecido em 22 de janeiro de 1997 (68 anos)
Local do falec. Porto Alegre-RS, BRA
Informações profissionais
Função Treinador
Números no Grêmio como Treinador
Jogos V E D Aprov
204 108 57 39 62.3%
  • A estatística pode estar incompleta.
Equipes que treinou
Anos Clubes
1961 Brasil Náutico
?? Brasil Esportivo
1967 Brasil Pelotas
1975 Brasil Grêmio
1976 Brasil Santa Cruz
1977 Brasil Sport
1979-1980 Brasil Internacional
1981-1982 Brasil Grêmio
1984 Brasil Náutico
1985 Brasil Coritiba
1986 Brasil Sport
1987-1988 Brasil Internacional
1988 Brasil Palmeiras
1989 Brasil Corinthians
1989-1990 Brasil Cruzeiro
1990-1991 Brasil Internacional

Ênio Vargas de Andrade, também conhecido como Ênio Andrade (Porto Alegre-RS, BRA, 31 de janeiro de 1928 - Porto Alegre-RS, BRA, 22 de janeiro de 1997).


Banco de dadosEstatística como treinador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
85
53
20
12
146
48
98
70.2%
Visitante
119
55
37
27
182
106
76
56.6%
Total
204
108
57
39
328
154
174
62.3%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.


Icone Livro.png História

Ênio Vargas de Andrade é irmão mais novo do ex-jogador gremista Ivo Vargas de Andrade.

Como jogador

Ênio Andrade começou como zagueiro no São José, em 1949, transferindo-se para o Internacional no ano seguinte. Em 1951, transferiu-se para o Renner, clube que defendeu até 1957.

Foi no Renner que Ênio Andrade foi deslocado para o meio-campo, através do técnico Selviro Rodrigues. Em 1956, sagrou-se campeão do II Campeonato Pan-americano de Futebol, realizado no México. Ainda defendeu Palmeiras, Náutico e novamente o São José, onde encerrou sua carreira.

Como treinador

Após encerrar a carreira de jogador, em 1961, Ênio Andrade tornou-se técnico. Em sua nova carreira, conseguiu importantes conquistas, tal como as da época de jogador. Era considerado um treinador bastante estrategista. Conquistou três Campeonatos Brasileiros: em 1979, com o Internacional em 1981, com o Grêmio (em pleno Morumbi); e em 1985, com o Coritiba (em pleno Maracanã, após disputa por pênaltis).

Ênio Andrade ainda teve conquistas internacionais em seu currículo. Pelo Cruzeiro, foi campeão da Supercopa Libertadores, da Copa Ouro e da Copa Master Supercopa.

Ênio Andrade faleceu em 1997, aos 68 anos de idade, vitimado por complicações pulmonares.

Títulos

Como jogador

Internacional
Renner
Palmeiras

Como treinador

Internacional
Grêmio
Coritiba
Cruzeiro
  • Minas Gerais Campeonato Mineiro: 1990 e 1994
  • Minas Gerais Copa dos Campeões Mineiros: 1991
  • Supercopa Libertadores: 1991
  • Copa Ouro: 1995
  • Copa Master da Supercopa: 1995
Santa Cruz
  • Pernambuco Campeonato Pernambucano: 1976
Náutico
  • Pernambuco Campeonato Pernambucano: 1984


Banco de dadosJogos em que Ênio Vargas de Andrade treinou a equipe do Grêmio

Estreia
Chapecoense 0 x 0 Grêmio - 19/01/1975
Último Jogo
Grêmio 0 x 0 São Paulo - 03/09/1982
Banco de dados.png

Referências