Esporte Clube Pinheiros

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Pinheiros-PR
Pinheiros
Escudo Pinheiros-PR.png
Dados
Nome Esporte Clube Pinheiros
Fundação 14 de julho de 1914
como Savoia FC
Extinto 19 de dezembro de 1989 (75 anos)
Alcunhas Alviceleste
Leão da Água Verde
Localização
Estádio Vila Olímpica
Capacidade 10.000 pessoas
Localização Curitiba, Brasil Paraná Brasil
Outras informações

O clube

O Esporte Clube Pinheiros, foi um clube esportivo brasileiro da cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná. Fundado em 14 de julho de 1914 como Savoia Foot Ball Club, o clube nasceu na região do Borghetto, no bairro Água Verde, com o claro propósito de homenagear a casa real italiana – tanto no nome quanto nas cores vermelha, verde e branca, da bandeira da Itália. Em 1917 se juntou com o Operário de Curitiba para a disputa do Campeonato Paranaense. Alguns anos depois em 1920, mais uma parceria, dessa vez com o Água Verde Foot Ball Club, formando o Savoia-Água Verde Foot Ball Club. A sociedade durou até o fim do Paranaense de 1926, quando houve um hiato de alguns anos fora dos gramados. Entre o fim da década de 20 e o início da década de 30 voltou sob a denominação de fundação.

No começo dos anos 1940 estourou a Segunda Guerra Mundial e em 1942 e o governo Getúlio Vargas aboliu o uso de nomes de clubes que homenageavam países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão) contra os quais o Brasil estava em guerra. O Savoia foi obrigado a mudar de nome. No final de fevereiro do mesmo ano mudou para Avaí Esporte Clube, mas na semana seguinte, no dia 03 de março de 1942, já se chamava Esporte Clube Brasil, com as cores nacionais do país.

Com este nome o clube disputou competições até 04 de junho de 1944, quando, sob a alegação de que o governo proibiu a utilização do nome Brasil em clubes de futebol, mudou mais uma vez, agora para o nome do bairro, Esporte Clube Água Verde. As cores também mudaram, para o verde e branco.

O Água Verde mudaria mais uma vez de nome e cores. Para diferenciar do Coritiba, experimentou as cores azul e branca, embora o time fosse verde e branco, e em 12 de agosto de 1971 um plebiscito no clube alterou a denominação da agremiação para Esporte Clube Pinheiros. A mudança de nome teria sido sugestão indireta do então presidente da CBD (Confederação Brasileira de Desportos), João Havelange, para nacionalizar o nome.[1]

O clube foi extinto em 1989, quando após uma fusão com o Colorado Esporte Clube, originou o Paraná Clube. Mandava seus jogos no Estádio Érton Coelho Queiroz, a tradicional Vila Olímpica.

Banco de dadosEstatística contra o(a) Esporte Clube Pinheiros

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
2
1
0
1
2
1
1
50%
Visitante
3
0
2
1
2
3
-1
22.2%
Total
5
1
2
2
4
4
0
33.3%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Maiores placares

Maiores placares do Grêmio

  • Como mandante: Grêmio 2x0 Pinheiros, pelo Campeonato Brasileiro (Taça Brasil) em 1968
  • Como visitante: O Grêmio nunca venceu como visitante

Maiores placares do Pinheiros

  • Como mandante: Pinheiros 2x1 Grêmio, pelo Torneio Quadrangular de Curitiba em 1966
  • Como visitante: Grêmio 0x1 Pinheiros, por jogo amistoso em 1988

Maior série invicta

Grêmio

  • 3 jogos, (1 vitória e 2 empates), de 04/08/1968 a 28/01/1981

Pinheiros

  • 2 jogos (1 vitória e 1 empate), de 02/03/1966 a 04/08/1968

Finais e mata-matas

Resultado de confrontos decisivos entre Grêmio e Pinheiros. Os clubes nunca jogaram em mata-mata ou final desde o início do confronto.

Banco de dadosJogos do Grêmio contra o(a) Pinheiros

#DataMandantePlacarVisitanteLocalCompetiçãoGols MandanteGols VisitanteDetalhes
[1]02 de março de 1966Pinheiros2 – 1GrêmioEstádio Couto PereiraTorneio Quadrangular de CuritibaNatal, JuquinhaSérgio LopesFicha Técnica
[2]04 de agosto de 1968Pinheiros0 – 0GrêmioEstádio Vila CapanemaCampeonato BrasileiroFicha Técnica
[3]21 de agosto de 1968Grêmio2 – 0PinheirosEstádio OlímpicoCampeonato BrasileiroVolmir, AlcindoFicha Técnica
[4]28 de janeiro de 1981Pinheiros1 – 1GrêmioEstádio Couto PereiraCampeonato BrasileiroVágnerBaltazarFicha Técnica
[5]27 de janeiro de 1988Grêmio0 – 1PinheirosEstádio OlímpicoAmistosoPachecoFicha Técnica

Referências

  1. Savoia, o time camaleão do futebol paranaense Edilson Pereira/Tribuna PR (03 de dezembro de 2012). Visitado em 17 de outubro de 2019.