Roberto de Assis Moreira

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Assis
Assis

Roberto de Assis Moreira


Informações pessoais
Nome completo Roberto de Assis Moreira
Data de nasc. 10 de janeiro de 1971 (51 anos)
Local de nasc. Porto Alegre-RS, Brasil
Nacionalidade Brasil
Informações profissionais
Função Meio-campo
Registro CBF 098225
Altura 1,71
Funções
Jogador
Jogador
Treinador
Treinador
Árbitro
Árbitro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
134 25 0.19
  • A estatística pode estar incompleta.
Categorias de base
Anos Clubes
Brasil Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes
1988 Brasil Grêmio
1988-1992 Brasil Grêmio
1992-1995 Suíça Sion
1995-1996 Portugal Sporting
1996 Brasil Vasco
1996 Brasil Fluminense
1996-1997 Suíça Sion
1997-1998 Portugal Sporting
1998 Suíça Sion
1998-1999 Portugal Estrela da Amadora
1999 Japão Consadole Sapporo
1999-2000 México U. A. Guadalajara
2000-2001 Brasil Corinthians
2001-2002 França Montpellier
Seleção nacional de base
Anos Seleção Jogos (gols)
1987-1987 Brasil Brasil (Sub-17)       
1988-1988 Brasil Brasil (Sub-20)       

Roberto de Assis Moreira, também conhecido como Assis (Porto Alegre-RS, Brasil, 10 de janeiro de 1971).

Icone Livro.png História

A relação da família 'Assis Moreira' com o Grêmio se iniciou por volta de 1982, quando João da Silva Moreira (37), gremista fanático e soldador de profissão, precisando de uma renda extra para ajudar em casa, começou a trabalhar como guardador de carros no pátio do Estádio Olímpico. João foi um meia-direita que jogava nos campos de várzea da capital, morava numa casa de madeira na rua Jerolomo Minuzzo no bairro Vila Nova em Porto Alegre[1], com sua esposa Miguelina Elói de Assis Moreira (33), e seus três filhos: Roberto de Assis Moreira (11), Deisi de Assis Moreira (7) e Ronaldo de Assis Moreira (2).

Conforme foi fazendo contatos no Olímpico, João foi trazendo seu filhos para jogar no clube. O primeiro foi Roberto, com 11 anos, que chegou para jogar na Escolinha do Grêmio. Rapidamente, o garoto se destacou jogando como meia-armador, e já era considerado uma das principais joias das categorias de base do Tricolor. Em 1985, com 14 anos, Roberto foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-15.

Em julho de 1987, Roberto foi convocado pelo treinador Zé Teixeira para ser o camisa 10 da Seleção Brasileira na Copa do Mundo Sub-17, no Canadá. Quando retornou a Porto Alegre, assinou o seu primeiro contrato profissional com o Grêmio, aos 16 anos, em dezembro de 1987.

Assis veste a camisa do Torino.

A mansão no Guarujá

Em janeiro de 1988, Roberto foi campeão Sul-Americano na Argentina, com a Seleção Brasileira Sub-20, treinada por Renê Simões. Com todo esse destaque, surgiram alguns empresários interessados no futebol da jovem promessa. Os italianos abordaram João, incentivando-o a levar Assis para jogar nas categorias de base do Torino, da Itália. A "fofoca" rolou pelos corredores do Olímpico, e com medo de perder o garoto promissor, a diretoria gremista assinou um contrato com valores altos para a época, e presenteou a família 'Assis Moreira' com uma mansão na Rua Murá, nº 215, no bairro Guarujá, em Porto Alegre[1], com piscina e tudo que se tem direito.

Estreia no profissional

1988

Roberto se adaptou bem ao clube, e começou a ser chamado de Assis pelos companheiros. Sua estreia foi no Olímpico, no sábado 19 de março de 1988. O Grêmio vencia o Pelotas por 2 a 0, pelo Campeonato Gaúcho, quando o treinador Otacílio Gonçalves chamou Assis para entrar no lugar de Cuca. Na verdade, Assis estava sendo preparado para ser o substituto de Valdo (24), que estava de saída para o Benfica, de Portugal. A conquista do Gauchão de 88 foi o primeiro título de Assis no Grêmio. No Brasileirão de 1988, Assis participou de 8 jogos.

A perda do pai

Em janeiro de 1989, com dezoito anos de idade, Assis teve que lidar com a perda de seu pai. João passou mal na piscina, foi levado ao hospital, onde ficou por dois dias, e acabou falecendo aos 42 anos. Assis assumiu a figura paterna de seu irmão mais novo Ronaldinho.

Assis com a taça da Copa do Brasil de 1989.

1989

No Grêmio, Assis virou titular incontestável. Na Seleção Brasileira Sub-20, foi convocado por Renê Simões. O Brasil ficou em 3º lugar na Copa do Mundo disputada na Arábia Saudita. Em agosto, conquistou o bicampeonato Gaúcho, e em setembro, conquistou a Copa do Brasil de 1989, fazendo gol na decisão, e terminando uma temporada quase perfeita com apenas 18 anos.

Campeão Copa do Brasil 1989
Em pé: Mazaropi, Edinho, Alfinete, Luis Eduardo, Jandir e Hélcio. Agachados: Assis, Cuca, Nando, Lino, Paulo Egídio e Banha (massagista).
Foto:http://4.bp.blogspot.com/_XqSuCOIY_8E/R30eiQdrjfI/AAAAAAAAABk/Q4VtikE8hvo/s1600/Equipe+Copa+do+Brasil+1989.jpg/
Assis com o seu irmão Ronaldinho.

1990

Em abril de 1990, com 19 anos, Assis foi convocado pelo treinador Paulo Massa, para representar a Seleção Brasileira Sub-20 no Torneio Internacional de Toulon, na França. Como estava na Seleção, acabou ficando de fora da conquista da Supercopa do Brasil de 1990, mas é considerado campeão, por fazer parte do grupo. Em julho, comemora o tricampeonato Gaúcho.

1991

Assis já era tricampeão Gaúcho, campeão da Copa do Brasil, e supercampeão da Copa do Brasil. Era um meia-esquerda de precisos toques na bola. Qualificado nos passes e lançamentos, um articulador à moda antiga. Com a canhota cobrava faltas, escanteios, e desferia violentos chutes a gol. Comemorava-os correndo na direção da torcida, batendo no peito, mostrando as veias onde corria o inegável sangue gremista. Começava a ser idolatrado.

Mas o ano de 1991 foi um divisor de águas na carreira do jogador. Uma grave lesão interrompeu o seu crescimento técnico e profissional. Ficou se recuperando entre abril e agosto. Terminou a temporada com apenas 18 jogos disputados, e 4 gols marcados.

1992

Após recuperar-se da lesão, Assis não conseguia render em campo. O Grêmio agiu rápido, e vendeu o atleta de 21 anos para o Sion, da Suíça.

Títulos

Sion

  • Suíça Campeonato Suíço: 1997
  • Suíça Copa da Suíça: 1995, 1997 e 1998

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
66
41
16
9
116
40
76
70.2%
Visitante
68
21
27
20
79
69
10
44.1%
Total
134
62
43
29
195
109
86
57%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Banco de dadosTítulos como jogador do Grêmio

imagem desconhecida Campeonato Gaúcho de Futebol 1988
imagem desconhecida Campeonato Gaúcho de Futebol 1989
imagem desconhecida Copa do Brasil de Futebol 1989
imagem desconhecida Campeonato Gaúcho de Futebol 1990
Supercopa do Brasil de 1990b.png Supercopa do Brasil 1990
* Os títulos estão em processo de contagem no banco de dados e podem sofrer alterações. Quando estiver completo, esta mensagem será suprimida.

Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
Grêmio 0 x 1 Pinheiros - 27/01/1988
Último Jogo
América-MG 1 x 0 Grêmio - 18/03/1992


Banco de dados.png

Referências

  1. 1,0 1,1 História de Ronaldinho esporte.uol (02 de junho de 2006). Visitado em 26 de janeiro de 2017.