Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B de 1992

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Campeonato Brasileiro - Série B
Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B de 1992
Dados
Participantes 21
Organização CBF
Local de disputa Brasil Brasil
Período 9 de fevereiro11 de julho
Gol(o)s 583
Partidas 278
Média 2,10 gol(o)s por partida
Campeão Paraná Paraná (1º título)
Vice-campeão Bahia Vitória
Melhor marcador Saulo (Paraná Paraná) – 12 gols
Melhor ataque Pará Remo – 30 gols
Melhor defesa Minas Gerais América-MG – 5 gol
Maior goleada
(diferença)
Grêmio Rio Grande do Sul 7 – 1 Mato Grosso Operário-MT
Estádio Olímpico, Porto Alegre
8 de abril, Grupo IV
Média pessoas por partida
◄◄ Brasileiro 1991 Soccerball.png Brasileiro 1993 ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B de 1992, foi a 15ª edição dessa competição brasileira de futebol organizada pela Confederação Brasileira de Futebol. Iniciou em 9 de fevereiro, com seu término em 11 de julho. O campeonato foi chamado de Divisão Classificatória, sendo que a terceira divisão chamada de Série B.

Regulamento

Troféu da competição

O Regulamento da Divisão Classificatória de 1992 previa a participação de 32 clubes, sendo 2 clubes rebaixados no Campeonato Brasileiro de Futebol de 1991, os 22 melhores clubes remanescentes da Série B de 1991 e 8 clubes indicados pelas federações estaduais de Minas Gerais, Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Sergipe e Paraíba.

A 1ª fase foi dividida em 4 grupos de 8 equipes, em jogos de ida e volta, sendo que desde o início da competição ficou definido que os três melhores clubes de cada grupo classificariam para o Campeonato Brasileiro -Série A de 1993, bem como para a 2ª fase da competição. Na 2ª fase os clubes classificados seriam distribuídos em 3 grupos de 4 equipes, em jogos de ida e volta, se classificando para a 3ª fase os dois melhores times de cada chave.

Mudança no regulamento

Com fins de reduzir os custos da competição, a CBF decidiu alterar o regulamento, alterando os grupos das equipes participantes conforme sua posição geográfica. Por esse motivo, a entidade optou por conceder a alguns clubes a vantagem de possuir um ponto extra ao Remo, Santa Cruz-PE e Ceará, no Grupo 1; América Mineiro, no Grupo 2; Criciúma e Paraná, no Grupo 3, onde estaria o Grêmio. Das equipes beneficiadas com a mudança no regulamento somente o Ceará não se classificou para a 3ª fase.

Em razão dos referidos pontos extras, o Fortaleza se sentiu prejudicado, entrando com um Mandado de Segurança contra a CBF, requerendo classificação para a terceira fase por méritos. Sem o ponto extra, o Fortaleza ultrapassaria o Santa Cruz-PE no Grupo 1 (6x5), e o União São João ultrapassaria o América Mineiro no Grupo 2 (7x6). A CBF acolheu o pedido do time cearense, modificando o regulamento. Ante a necessidade de mais um time na fase seguinte, o Grêmio, clube com melhor retrospecto na competição, foi convidado, podendo prosseguir na luta pelo título. O Tricolor, já classificado para a Série A de 1993, abdicou da vaga, alegando possíveis prejuízos financeiros em caso de prosseguimento no certame, sendo sua vaga transferida ao União São João.

Fases finais

A 3ª fase do campeonato foi dividida em 2 grupos de 4 equipes, em jogos de ida e volta, se classificando para as semifinais os dois melhores clubes de cada chave. As Semifinais, em jogos de ida e volta, definiam os classificados para a Final da competição, que seria disputada igualmente em dois jogos.

Participantes

No ano de 1992, a CBF adotou novo modelo de campeonato, tornando a então segunda divisão em um torneio classificatório, onde 12 equipes estariam classificadas para a primeira divisão. Com o modelo adotado a formula de classificação dos clubes previa vagas para os 2 clubes rebaixados no Campeonato Brasileiro de Futebol de 1991, os 22 melhores clubes remanescentes da Série B de 1991 e 8 clubes indicados pelas federações estaduais de Minas Gerais, Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Sergipe e Paraíba. Em razão da ausência de subsídio da CBF, alguns clubes optaram pela disputa da terceira divisão.

UF Clube Forma de classificação
Alagoas Alagoas Escudo CSA.png CSA 15º colocado na Série - B de 1991
Bahia Bahia Escudo Vitória.png Vitória 20º colocado na Série - A de 1991
Ceará Ceará Escudo Fortaleza.png Fortaleza 13º colocado na Série - B de 1991
Escudo Ceará.png Ceará 18º colocado na Série - B de 1991
Distrito Federal Distrito Federal Escudo Taguatinga.png Taguatinga Indicado pela Federação por ser Campeão do Estadual em 1991
Espírito Santo Espírito Santo Escudo Desportiva Ferroviária.png Desportiva Ferroviária 14º colocado na Série - B de 1991
Goiás Goiás Escudo Anapolina.png Anapolina 19º colocado na Série - B de 1991
Mato Grosso Mato Grosso Escudo Operário de Várzea Grande.png Operário-MT Assumiu a vaga com a desistência do Bom Bosco
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul Escudo Operário de Campo Grande.png Operário-MS Indicado pela Federação do Mato Grosso do Sul
Minas Gerais Minas Gerais Escudo América-MG.png América-MG Indicado pela Federação de Minas Gerais
Pará Pará Escudo Remo.png Remo 17º colocado na Série - B de 1991
Paraíba Paraíba Escudo Campinense.png Campinense Indicado por sorteio* pela Federação da Paraíba
Paraná Paraná Escudo Coritiba.png Coritiba 3º colocado na Série - B de 1991
Escudo Paraná.png Paraná 6º colocado na Série - B de 1991
Escudo Londrina.png Londrina 11º colocado na Série - B de 1991
Pernambuco Pernambuco Escudo Santa Cruz.png Santa Cruz-PE 5º colocado na Série - B de 1991
Escudo Central.png Central 24º colocado na Série - B de 1991
Piauí Piauí Escudo Picos.png Picos Assumiu a vaga com a desistência do Ríver-PI
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Escudo Americano-RJ.png Americano-RJ 4º colocado na Série - B de 1991
Escudo Bangu.png Bangu 16º colocado na Série - B de 1991
Escudo Itaperuna.png Itaperuna Indicado pela Federação Carioca
Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte Escudo ABC.png ABC 7º colocado na Série - B de 1991
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Escudo Grêmio.png Grêmio 19º colocado na Série - A de 1991
Santa Catarina Santa Catarina Escudo Criciúma.png Criciúma Indicado pela CBF*
Escudo Joinville.png Joinville 23º colocado na Série - B de 1991
São Paulo São Paulo Escudo União São João.png União São João Indicado pela CBF*
Escudo Noroeste.png Noroeste 8º colocado na Série - B de 1991
Escudo Botafogo-SP.png Botafogo-SP 10º colocado na Série - B de 1991
Escudo Juventus-SP.png Juventus-SP 20º colocado na Série - B de 1991
Escudo Ponte Preta.png Ponte Preta 22º colocado na Série - B de 1991
Escudo São José-SP.png São José-SP Assumiu a vaga com a desistência do Novorizontino
Sergipe Sergipe Escudo Confiança.png Confiança Assumiu a vaga com a desistência do Sergipe
Notas

Primeira Fase

A primeira fase da competição foi disputada por 32 clubes, divididos em 4 grupos de 8 equipes. Pelo regulamento, anterior ao início da competição, os três melhores clubes se classificavam para a segunda fase do torneio e para o Campeonato Brasileiro de Futebol - Série A de 1993. Nessa edição não havia rebaixamento, por não estar prevista edição da Série C em 1993. Abaixo a relação de jogos do Grêmio e classificação na primeira fase do certame.

Primeira fase
Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV

Jogos do Grêmio na primeira fase

Campeonato Brasileiro - Série B Operário-MS 2 – 2 Grêmio Estádio Morenão
9 de fevereiro de 1992

Vilson Gol contra marcado
Índio Gol marcado
Gol marcadoGol marcado Sinval

Campeonato Brasileiro - Série B Operário-MT 0 – 2 Grêmio Estádio José Fragelli
12 de fevereiro de 1992

Gol marcado Juninho
Gol marcado Wolnei Caio

Campeonato Brasileiro - Série B São José-SP 3 – 0 Grêmio Estádio Martins Pereira
16 de fevereiro de 1992

Mathías Gol marcadoGol marcado
Bandeira Gol marcado

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 0 – 1 América Mineiro Estádio Olímpico
19 de fevereiro de 1992

Gol marcado Flávio

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 2 – 0 Londrina Estádio Olímpico
23 de fevereiro de 1992

Alcindo Gol marcadoGol marcado

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 0 – 0 Paraná Estádio Olímpico
8 de março de 1992


Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 2 – 1 Ponte Preta Estádio Olímpico
11 de março de 1992

Alcindo Gol marcado
Luciano Gol marcado
Gol marcado Darci

Campeonato Brasileiro - Série B América Mineiro 1 – 0 Grêmio Estádio Independência
18 de março de 1992

Euller Gol marcado

Campeonato Brasileiro - Série B Ponte Preta 0 – 0 Grêmio Estádio Moisés Lucarelli
22 de março de 1992


Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 2 – 1 Operário-MS Estádio Olímpico
25 de março de 1992

Cuca Gol marcado
Wolnei Caio Gol marcado
Gol marcado Índio

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 3 – 1 São José-SP Estádio Olímpico
29 de março de 1992

Juninho Gol marcadoGol marcado
Alaércio Gol marcado
Gol marcado Rizza

Campeonato Brasileiro - Série B Londrina 1 – 1 Grêmio Estádio do Café
1º de abril de 1992

Marcos Severo Gol marcado
Gol marcado Lira

Campeonato Brasileiro - Série B Paraná 1 – 1 Grêmio Estádio Durival de Britto
5 de abril de 1992

Saulo Gol marcado
Gol marcado Juninho

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 7 – 1 Operário-MT Estádio Olímpico
8 de abril de 1992

Lira Gol marcado
Carlinhos Gol marcado
Cuca Gol marcado
Juninho Gol marcado
Caçapa Gol marcado
Biro-Biro Gol marcado
Wolnei Caio Gol marcado
Gol marcado Marquinhos Capixaba

Classificação da primeira fase

Grupo I

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Pernambuco Santa Cruz-PE 19 14 6 7 1 18 6 +12 Classificados para a segunda fase
Classificados para a Série - A de 1993
2 Ceará Ceará 17 14 5 7 2 11 10 +1
3 Ceará Fortaleza 16 14 6 4 4 15 11 +4
4 Paraíba Campinense 15 14 5 5 4 12 14 -2
5 Piauí Picos 14 14 3 8 3 10 14 -4
6 Alagoas CSA 13 14 6 1 7 16 14 +2
7 Rio Grande do Norte ABC 10 14 3 4 7 10 16 –6
8 Pernambuco Central 8 14 3 2 9 12 19 –7

Grupo II

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Pará Remo 19 14 9 1 4 30 12 +18 Classificados para a segunda fase
Classificados para a Série - A de 1993
2 Bahia Vitória 17 14 6 5 3 18 9 +9
3 Espírito Santo Desportiva-ES 17 14 7 3 4 16 16 0
4 Goiás Anapolina 15 14 6 3 5 15 16 -1
5 Sergipe Confiança-SE 13 14 5 3 6 12 17 -5
6 Rio de Janeiro Itaperuna-RJ 13 14 4 5 5 18 23 -5
7 Rio de Janeiro Americano-RJ 12 14 4 4 6 15 17 –2
8 Distrito Federal Taguatinga 6 14 1 4 9 14 28 –14

Grupo III

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Santa Catarina Criciúma 16 14 7 2 5 15 9 +6 Classificados para a segunda fase
Classificados para a Série - A de 1993
2 Paraná Coritiba 16 14 6 4 4 11 9 +2
3 São Paulo União São João 14 14 5 4 5 12 10 +2
4 São Paulo Juventus-SP 14 14 5 4 5 11 9 +2
5 São Paulo Botafogo-SP 14 14 5 4 5 10 10 0
6 São Paulo Noroeste 13 14 5 3 6 13 20 -7
7 Rio de Janeiro Bangu 13 14 4 5 5 9 9 0
8 Santa Catarina Joinville 12 14 4 4 6 6 11 –5

Grupo IV

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Minas Gerais América Mineiro 18 14 6 6 2 12 5 +7 Classificados para a segunda fase
Classificados para a Série - A de 1993
2 Paraná Paraná 18 14 5 8 1 17 10 +7
3 Rio Grande do Sul Grêmio 17 14 6 5 3 22 13 +9
4 São Paulo São José-SP 16 14 6 4 4 22 13 +9
5 São Paulo Ponte Preta 16 14 5 6 3 15 13 +2
6 Paraná Londrina 13 14 5 3 6 15 16 –1
7 Mato Grosso do Sul Operário-MS 10 14 2 6 6 13 19 –6
8 Mato Grosso Operário-MT 4 14 1 2 11 11 38 –27

Classificação geral da 1° fase

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Pará Remo 19 14 9 1 4 30 12 +18 Classificados para a Segunda Fase
Classificados para a Série - A de 1993
2 Pernambuco Santa Cruz-PE 19 14 6 7 1 18 6 +12
3 Minas Gerais América Mineiro 18 14 6 6 2 12 5 +7
4 Paraná Paraná 18 14 5 8 1 17 10 +7
5 Espírito Santo Desportiva-ES 17 14 7 3 4 16 16 0
6 Rio Grande do Sul Grêmio 17 14 6 5 3 22 13 +9
7 Bahia Vitória 17 14 6 5 3 18 9 +9
8 Ceará Ceará 17 14 5 7 2 11 10 +1
9 Santa Catarina Criciúma 16 14 7 2 5 15 9 +6
10 Ceará Fortaleza 16 14 6 4 4 15 11 +4
11 Paraná Coritiba 16 14 6 4 4 11 9 +2
12 São Paulo União São João 14 14 5 4 5 12 10 +2
13 São Paulo São José-SP 16 14 6 4 4 22 13 +9 Eliminados na Primeira Fase
14 São Paulo Ponte Preta 16 14 5 6 3 15 13 +2
15 Goiás Anapolina 15 14 6 3 5 15 16 -1
16 Paraíba Campinense 15 14 5 5 4 12 14 -2
17 São Paulo Juventus-SP 14 14 5 4 5 11 9 +2
18 São Paulo Botafogo-SP 14 14 5 4 5 10 10 0
19 Piauí Picos 14 14 3 8 3 10 14 -4
20 Alagoas CSA 13 14 6 1 7 16 14 +2
21 Paraná Londrina 13 14 5 3 6 15 16 –1
22 Sergipe Confiança-SE 13 14 5 3 6 12 17 -5
23 São Paulo Noroeste 13 14 5 3 6 13 20 -7
24 Rio de Janeiro Bangu 13 14 4 5 5 9 9 0
25 Rio de Janeiro Itaperuna-RJ 13 14 4 5 5 18 23 -5
26 Rio de Janeiro Americano-RJ 12 14 4 4 6 15 17 –2
27 Santa Catarina Joinville 12 14 4 4 6 6 11 –5
28 Rio Grande do Norte ABC 10 14 3 4 7 10 16 –6
29 Mato Grosso do Sul Operário-MS 10 14 2 6 6 13 19 –6
30 Ceará Central 8 14 3 2 9 12 19 –7
31 Distrito Federal Taguatinga 6 14 1 4 9 14 28 –14
32 Mato Grosso Operário-MT 4 14 1 2 11 11 38 –27

Segunda Fase

Para a segunda fase da competição, 16 clubes já classificados para o Campeonato Brasileiro -Série A de 1993 foram divididos em 3 chaves de 4 equipes, disputando 2 vagas para a terceira fase em jogos de ida e volta. Nesse momento da competição, ante à ausência de subsídio da CBF para viagens, foi necessário readequar o campeonato, regionalizando a segunda fase para evitar despesas.

Por determinação da Confederação Brasileira, foi concedido um ponto extra para equipes consideradas prejudicadas com a mudança, sendo beneficiadas as equipes do Remo, Santa Cruz-PE e Ceará no Grupo I; América Mineiro no Grupo II; Criciúma e Paraná no Grupo II (grupo do Grêmio).

Segunda fase
Grupo I Grupo II Grupo III

Jogos do Grêmio na segunda fase

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 0 – 1 Paraná Estádio Olímpico
6 de maio de 1992

Gol marcado Saulo

Campeonato Brasileiro - Série B Criciúma 2 – 0 Grêmio Estádio Heriberto Hülse
10 de maio de 1992

Vanderlei Gol marcado
Jairo Lenzi Gol marcado

Campeonato Brasileiro - Série B Coritiba 1 – 2 Grêmio Estádio Couto Pereira
13 de maio de 1992

Eraldo Gol marcado
Gol marcado Carlinhos
Gol marcado Jandir

Campeonato Brasileiro - Série B Paraná 2 – 1 Grêmio Estádio Durival de Britto
20 de maio de 1992

Adoilson Gol marcado
Maurílio Gol marcado
Gol marcado Alcindo

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 1 – 1 Criciúma Estádio Olímpico
23 de maio de 1992

Alcindo Gol marcado
Gol marcado Vanderlei

Campeonato Brasileiro - Série B Grêmio 3 – 0 Coritiba Estádio Olímpico
27 de maio de 1992

Wolnei Caio Gol marcadoGol marcado
Alcindo Gol marcado

Classificação da segunda fase

Grupo I

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Pará Remo * 9 6 2 4 0 6 3 +3 Classificados para a terceira fase
2 Pernambuco Santa Cruz-PE * 6 6 1 3 2 5 9 -4
3 Ceará Fortaleza 6 6 2 2 2 7 5 +2 Classificado para a terceira fase
após requerimento à CBF
4 Ceará Ceará * 6 6 0 5 1 5 6 -1
  • ( * ) ponto extra

Grupo II

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Bahia Vitória 9 6 3 3 0 7 3 +4 Classificados para a terceira fase
2 Minas Gerais América Mineiro * 7 6 2 2 2 7 6 +1
3 São Paulo União São João 7 6 2 3 1 4 3 +1 Classificado para a terceira fase
após desistência do Grêmio
4 Espírito Santo Desportiva-ES 2 6 0 2 4 4 10 -6
  • ( * ) ponto extra

Grupo III

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Santa Catarina Criciúma * 9 6 3 2 1 9 4 +5 Classificados para a terceira fase
2 Paraná Paraná * 9 6 3 2 1 7 6 +1
3 Rio Grande do Sul Grêmio 5 6 2 1 3 7 7 0 Classificado para a terceira fase
Desistiu de participar
4 Paraná Coritiba 3 6 0 3 3 4 10 -6
  • ( * ) ponto extra

Da classificação por méritos

Com a mudança do regulamento da competição, concedendo um ponto extra as equipes do Remo, Santa Cruz-PE, Ceará, América Mineiro, Criciúma e Paraná, em razão da regionalização das chaves, a equipe do Fortaleza se sentiu prejudicada. A equipe cearense, que por méritos terminaria a competição a frente do Santa Cruz-PE, segunda equipe classificada no Grupo I, acabou sendo eliminada pelo ponto extra do regulamento. Assim, ingressou contra a decisão, pleiteando vaga na terceira fase.

A CBF, reconhecendo o pedido do Fortaleza, concedeu uma vaga ao clube, convidando o primeiro clube não classificado com melhor retrospecto geral na competição, ou seja, o Grêmio (com 22 pontos e saldo +9 na classificação geral). Assim, o clube gaúcho teve oportunidade de prosseguir no certame em busca do título, mas abriu mão da vaga alegando prejuízo financeiro com a competição, sendo indicado o União São João, terceiro colocado do Grupo II e segundo melhor clube no retrospecto geral na competição (21 pontos na classificação geral).

Classificação geral da 2° fase

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Pará Remo * 27 20 11 5 4 36 15 +21 Classificados para a Terceira Fase
2 Bahia Vitória 26 20 9 8 3 25 12 +13
3 Paraná Paraná * 26 20 8 10 2 24 16 +8
4 Santa Catarina Criciúma * 24 20 10 4 6 24 13 +11
5 Minas Gerais América Mineiro * 24 20 8 8 4 19 11 +8
6 Pernambuco Santa Cruz-PE * 24 20 7 10 3 23 15 +8
7 Ceará Fortaleza 22 20 8 6 6 22 16 +6 Classificado para a terceira fase após requerimento à CBF
8 São Paulo União São João 21 20 7 7 6 16 13 +3 Classificado para a terceira fase após desistência do Grêmio
9 Rio Grande do Sul Grêmio 22 20 8 6 6 29 20 +9 Desistiu de participar da terceira fase da competição
10 Ceará Ceará * 22 20 5 12 3 16 16 0 Eliminados na Segunda Fase
11 Espírito Santo Desportiva-ES 19 20 7 5 8 20 26 -6
12 Paraná Coritiba 19 20 6 7 7 15 19 -4
  • ( * ) Desconsiderado ponto extra na classificação geral

Terceira Fase

Para a terceira fase da competição, 8 clubes foram divididos em 2 chaves de 4 equipes, disputando 2 vagas para as semifinais em jogos de ida e volta. Os grupos mantiveram a proposta de regionalização da fase anterior, todavia sem a aplicação de pontuação extra para qualquer equipe.

Terceira fase
Grupo I Grupo II

Classificação da terceira fase

Grupo I

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Bahia Vitória 9 6 4 1 1 7 1 +6 Classificados para as semifinais
2 Pernambuco Santa Cruz-PE (a) 6 6 3 0 3 6 4 +2
3 Ceará Fortaleza 6 6 3 0 3 8 10 -2
4 Pará Remo 3 6 1 1 4 4 10 -6

(a) O Santa Cruz-PE empatou em número de pontos com o Fortaleza, mas terminou a 3° Fase em 2° do grupo por ter melhor campanha geral (Santa Cruz-PE 30 e Fortaleza 28).

Grupo II

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Paraná Paraná (b) 7 6 1 5 0 1 0 +1 Classificados para as semifinais
2 Santa Catarina Criciúma 7 6 2 3 1 5 3 +2
3 Minas Gerais América Mineiro (c) 5 6 1 3 2 3 6 -3
4 São Paulo União São João 5 6 1 3 2 5 5 0

(b) O Paraná empatou em número de pontos com o Criciúma, mas terminou a 3° Fase em 1° do grupo por ter melhor campanha geral (Paraná 33 e Criciúma 31).
(c) O América Mineiro empatou em número de pontos com o União São João, mas terminou a 3° Fase em 3° do grupo por ter melhor campanha geral (América Mineiro 29 e União São João 26).

Classificação geral da 3° fase

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Bahia Vitória 35 26 13 9 4 32 13 +19 Classificados para as semifinais
2 Paraná Paraná 33 26 9 15 2 25 16 +9
3 Santa Catarina Criciúma 31 26 12 7 7 29 16 +13
4 Pernambuco Santa Cruz-PE 30 26 10 10 6 29 19 +10
5 Pará Remo 30 26 12 6 8 40 25 +15 Eliminados na Segunda Fase
6 Minas Gerais América Mineiro 29 26 9 11 6 22 17 +5
7 Ceará Fortaleza 28 26 11 6 9 30 26 +4
8 São Paulo União São João 26 20 8 10 8 21 18 +3

Semifinais

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.

Semifinais Final
 25 de junho a 2 de julho  5 e 11 de julho
                     
 Pernambuco Santa Cruz-PE 1 1 2  
 Paraná Paraná 2 2 4  
   Paraná Paraná 2 1 3
   Bahia Vitória 1 0 1
 Santa Catarina Criciúma 2 1 3
 Bahia Vitória 3 1 4


Final

Primeiro jogo
Campeonato Brasileiro - Série B Paraná Paraná 2 – 1 Bahia Vitória Complexo Poliesportivo Pinheirão, Curitiba-PR
5 de julho
16:00 (UTC−2)
Adoílson Gol marcado aos 16 minutos de jogo 16' Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43' Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' Alex Alves Público: 13,55
Renda: Cr$ 102.680.000,00
Árbitro: São PauloBR-SP Ulisses Tavares da Silva
Segundo jogo
Campeonato Brasileiro - Série B Vitória Bahia 0 – 1 Paraná Paraná Estádio Fonte Nova, Salvador-BA
11 de julho
21:00 (UTC−2)
Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54' Saulo Público: 60,44
Renda: Cr$ 618.602.000,00
Árbitro: Minas GeraisBR-MG Márcio Resende de Freitas


Premiação

Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B de 1992
Paraná
Escudo Paraná.png
Campeão
(1° título)

Classificação final da Série B de 1992

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação Promoção
1 Paraná Paraná 41 30 13 15 2 32 19 +13 Campeão Classificados para a Série A de 1993
2 Bahia Vitória 37 30 14 9 7 37 19 +18 Vice-campeão
3 Santa Catarina Criciúma 33 28 13 7 8 32 20 +12 Eliminados nas semifinais
4 Pernambuco Santa Cruz-PE 30 28 10 10 8 31 23 +8
5 Pará Remo 30 26 12 6 8 40 25 +15 Eliminados na terceira fase
6 Minas Gerais América Mineiro 29 26 9 11 6 22 17 +5
7 Ceará Fortaleza 28 26 11 6 9 30 26 +4
8 São Paulo União São João 26 26 8 10 8 21 18 +3
9 Rio Grande do Sul Grêmio 22 20 8 6 6 29 20 +9 Classificado para a terceira fase
Desistiu de participar
10 Ceará Ceará 22 20 5 12 3 16 16 0 Eliminados na Segunda Fase
11 Espírito Santo Desportiva-ES 19 20 7 5 8 20 26 -6
12 Paraná Coritiba 19 20 6 7 7 15 19 -4
13 São Paulo São José-SP 16 14 6 4 4 22 13 +9 Eliminados na Primeira Fase
14 São Paulo Ponte Preta 16 14 5 6 3 15 13 +2
15 Goiás Anapolina 15 14 6 3 5 15 16 -1
16 Paraíba Campinense 15 14 5 5 4 12 14 -2
17 São Paulo Juventus-SP 14 14 5 4 5 11 9 +2
18 São Paulo Botafogo-SP 14 14 5 4 5 10 10 0
19 Piauí Picos 14 14 3 8 3 10 14 -4
20 Alagoas CSA 13 14 6 1 7 16 14 +2
21 Paraná Londrina 13 14 5 3 6 15 16 –1
22 Sergipe Confiança-SE 13 14 5 3 6 12 17 -5
23 São Paulo Noroeste 13 14 5 3 6 13 20 -7
24 Rio de Janeiro Bangu 13 14 4 5 5 9 9 0
25 Rio de Janeiro Itaperuna-RJ 13 14 4 5 5 18 23 -5
26 Rio de Janeiro Americano-RJ 12 14 4 4 6 15 17 –2
27 Santa Catarina Joinville 12 14 4 4 6 6 11 –5
28 Rio Grande do Norte ABC 10 14 3 4 7 10 16 –6
29 Mato Grosso do Sul Operário-MS 10 14 2 6 6 13 19 –6
30 Ceará Central 8 14 3 2 9 12 19 –7
31 Distrito Federal Taguatinga 6 14 1 4 9 14 28 –14
32 Mato Grosso Operário-MT 4 14 1 2 11 11 38 –27

Estatísticas

Artilharia

Gols Jogador Time
12 Brasil Saulo Paraná
10 Brasil Arthurzinho Vitória
9 Brasil Luizinho Lemos Americano-RJ
Brasil Formiga Remo
8 Brasil Cláudio Adão Ceará
Brasil Marcos Severo Londrina
7 Brasil Flávio América-MG
Brasil Mauro Soares Desportiva-ES
Brasil Adoílson Paraná
Brasil Claudinho Ponte Preta
Brasil Arthur Remo
Brasil Marcelinho Santa Cruz-PE

Artilharia do Grêmio

Gols Jogador
6 Brasil Alcindo
5 Brasil Juninho
Brasil Wolnei Caio
2 Brasil Sinval
Brasil Cuca
Brasil Carlinhos
Brasil Lira
1 Brasil Luciano
Brasil Alaércio
Brasil Caçapa
Brasil Biro-Biro
Brasil Jandir

Da alegada virada de mesa

O Campeonato Brasileiro - Série B de 1992 é citado como uma das viradas de mesa da CBF, artifícios utilizados pela entidade para proteger clubes de maior expressão da possibilidade de rebaixamento ou promover clubes que eventualmente não consigam se classificar para a primeira divisão pela forma regular. Ocorre que os argumentos que fundamentam tal alegação não fazem parte da realidade da competição, sendo amplamente divulgadas informações errôneas que dão conta de uma virada de mesa no decorrer do campeonato.

Inicialmente, é destacado que, pelo Grêmio militar na nona colocação a CBF teria alterado o regulamento do certame no decorrer da disputa, promovendo de uma vez só 12 equipes para a primeira divisão, tal informação é equivocada. Conforme edição do Correio do Povo datada de 25 de janeiro de 1992, ao lado, publicada antes do início da competição, o regulamento previa a promoção de doze clubes para a Série A de 1993 muito antes da primeira partida, ocorrida em 9 de fevereiro de 1992.

Ainda, é questionado o fato do regulamento ter sido alterado, promovendo mais clubes do que os anos anteriores. Nesse sentido, cumpre destacar que a falta de informações precisas acabam privando a análise de um ponto importante no referido fato, a chamada Série B de 1992 na verdade foi modificada de Divisão Intermediária para Divisão Classificatória, ou seja, deixa de ser um torneio de segundo escalão e passa a ser um torneio classificatório para uma Primeira Divisão inchada com diversos clubes, fato que havia ocorrido de maneira similar em 1986.

Outra informação veiculada dá conta de que o clube teria sido favorecido com constantes mudanças no regulamento no decorrer da disputa. De fato o regulamento da Segunda Divisão de 1992 foi alterado, uma vez, mas a alteração ocorrida, ao contrário do que é mencionado, prejudicou o Grêmio, concedendo pontos extras para rivais na disputa.

Por fim, é alegado que houve virada de mesa, ou tapetão, pelo fato de o Grêmio ter sido promovido à Primeira Divisão como nono colocado. É importante destacar que, conforme já mencionado, o clube se classificou para a Terceira Fase do campeonato após requerimento de vaga por méritos do Fortaleza, tendo tido a oportunidade de, inclusive, prosseguido na disputa pelo título, mas abdicou da disputa pela característica deficitária do certame.

Arquivo
Jornal do Brasil - 05.02.1992
Link da Biblioteca Nacional
Jornal Correio do Povo - 25.01.1992 Jornal Zero Hora - 30.01.1992
Jornal do Brasil - 05.02.1992.png Jornal Correio do Povo - 25.01.1992.jpg Jornal Zero Hora - 30.01.1992.png

Ver também

PODCAST: A mentira sobre o "tapetão" na Série B de 92

Referências