Sandro Gomes da Luz

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Sandro Goiano
Sandro Goiano
Divulgação Temporada 2005
Calçada da Fama.png Calçada da Fama
Informações pessoais
Nome completo Sandro Gomes da Luz
Data de nasc. 06 de agosto de 1973 (47 anos)
Local de nasc. Pirenópolis-GO, BRA
Nacionalidade Brasil
Informações profissionais
Função Volante
Registro CBF 124420
Altura 1,81m
Peso 78kg
Destro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
105 1 0.01
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes profissionais
Anos Clubes
1994 Brasil Goiás
1995 Brasil Caxias
1996 Brasil Tuna Luso
1997-1998 Brasil Paraná
1998 Brasil Tuna Luso
1999 Brasil Paraná
1999 Brasil Caxias
2000 Brasil Tuna Luso
2000-2005 Brasil Paysandu
2005-2007 Brasil Grêmio
2008-2009 Brasil Sport
2010-2011 Brasil Paysandu

Sandro Gomes da Luz, também conhecido como Sandro Goiano (Pirenópolis-GO, BRA, 06 de agosto de 1973).

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
52
37
8
7
107
38
69
76.3%
Visitante
53
25
12
16
74
63
11
54.7%
Total
105
62
20
23
181
101
80
65.4%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.


Icone Livro.png História

Sandro Goiano foi revelado pelo Goiás. Após ficar quatro anos sem protagonismo alterou passagem por Caxias, Tuna Luso e Paraná até no ano de 2000 chegar ao Paysandu. No Pará ganhou destaque sendo capitão na maioria das vezes. Entre 2000 e 2005 levou o Papão para a Elite do Futebol Nacional, além de ser tetracampeão Paraense, da Copa do Norte e da Copa dos campeões.

Na Copa Libertadores de 2003 participou da histórica campanha que levou o Paysandu as oitavas-de-final, onde foi eliminado pelo Boca Juniors.

Na metade de 2005 foi contratado pelo Grêmio para ser titular na disputa da Série B. Logo caiu nas graças da torcida por sua garra demonstrada em campo. Foi ídolo e Capitão durante dois anos nos quais conquistou três títulos: a inédita Serie B de 2005 na famosa Batalha dos Aflitos além dos Campeonatos Gaúchos de 2006 e 2007 e do Vice Campeonato da Libertadores da América em 2007.

Em 2008, foi contratado pelo Sport onde venceu a Copa do Brasil de 2008 em jogo sobre o Corinthians onde foi um elemento essencial. No dia 20 de Julho de 2008, Sandro sofreu um traumatismo craniano, após uma batida de cabeça, em jogo contra o Santos. Além da lesão teve convulsões, perdeu a consciência e desmaiou em campo. Após dois dias do acontecido queria voltar a campo mas foi impedido pelos médicos.

No início de 2010 voltou ao Paysandu onde foi campeão estadual. Em 2011 aposentou-se. Mas não parou de dedicar-se ao futebol, passou pela diretoria do América do Rio e em 2013 acertou seu retorno ao Sport desta vez como coordenador técnico.

Títulos

Paysandu
  • Pará Campeonato Paraense: 2000, 2001, 2002, 2005 e 2010.
  • Pará Campeonato Brasileiro de futebol - Série B: 2001
  • Brasil Copa dos Campeões: 2002
  • Copa Norte: 2002
Grêmio
  • Rio Grande do Sul Campeonato Brasileiro de futebol - Série B: 2005
Sport
  • Brasil Copa do Brasil: 2008.
  • Pernambuco Campeonato Pernambucano: 2008 e 2009


Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
Grêmio 1 x 0 Santo André - 25/06/2005
Último Jogo
Grêmio 1 x 1 Corinthians - 02/12/2007


Banco de dados.png

Referências