Christian Corrêa Dionísio

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Christian
Christian
Informações pessoais
Nome completo Christian Corrêa Dionísio
Local de nasc. Porto Alegre, Rio Grande do Sul Brasil
Altura 1,86 m
Destro
Apelido Jesus Christian, Nego Christian, Deus Negro
Informações profissionais
Período em atividade 1992–2011 (19 anos)
Clube atual Aposentado
Posição Atacante
Números no Grêmio como Jogador
Jogos Gols Média
38 18 0.47
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes de juventude
1985-1989
1989–1992
Grêmio
Internacional
Clubes profissionais1
Anos Clubes
1992
1992–1993
1993–1994
1994–1996
1996–1999
1999–2001
2001
2002
2002–2003
2003–2004
2005
2005–2006
2006
2006
2006–2007
2007
2008
2008
2009
2010
2010
Internacional
Marítimo
Estoril
Farense
Internacional
Paris Saint-Germain
Bordeaux
Palmeiras (emp.)
Galatasaray (emp.)
Grêmio
Omiya Ardija
São Paulo (emp.)
Botafogo (RJ)
Juventude
Corinthians
Internacional
Portuguesa
Pachuca
Portuguesa
Monte Azul
Pelotas
São Caetano
Seleção nacional
1997–2001 Brasil 0011 0000(1)



Christian Corrêa Dionísio, ou simplesmente Christian, (Porto Alegre, 23 de abril de 1975), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante. Atualmente é empresário.

Carreira

Christian nas categorias de base do Grêmio em 1985

Christian, começou sua vida no futebol ainda garoto, nas categorias de base no Grêmio, no ano de 1985.

Assim como vários outros futuros jogadores que trocaram de clube durante a carreira infantil, Christian chegou ao Internacional em 1989. Em 1992, com apenas 17 anos, figurou no banco de reservas do grupo campeão estadual de 1992, ano em que se transferiu, para o futebol português, onde atuou no Marítimo, Estoril e Farense.

De volta ao Inter, em fins de 1996, Christian, no ano seguinte, ajudou a levar uma equipe desacreditada ao título gaúcho, batendo o Grêmio na decisão. Christian ainda se consagrou, no mesmo ano, como o maior artilheiro da história do Internacional em uma só edição de Campeonato Brasileiro, ao marcar 23 gols com a camisa colorada

Ficou no clube até 1999, quando voltou a Europa para atuar pelo Paris Saint-Germain, da França. Sem empolgar, foi para o também francês Bordeaux e de lá teve passagens pelo Palmeiras-SP e Galatasaray, da Turquia. No Grêmio (2003 - 2004), seria trocado com os franceses do Bordeaux pelo jovem Rodrigo, que atuava à época na Seleção Sub-17[2] e ajudou a equipe se livrar do rebaixamento em 2003, mas já em 2004, não teve a mesma sorte. Como teve uma boa proposta para se transferir para o Japão e a direção o negou, Christian afundou com todo o time.

Após triste despedida, Christian foi atuar no Omiya Ardija do Japão, em 2005. Pouco tempo depois, em agosto do mesmo ano, foi contratado pelo São Paulo-SP para fazer dupla de ataque com Amoroso. Porém, não obteve sucesso.

Em 2006, Christian teve rápida passagem pelo Botafogo, terminando por rescindir o contrato com o clube carioca. Em seguida, transferiu-se para o Juventude, de Caxias do Sul.

No começo de 2007, viveu um bom momento no Corinthians, onde em apenas 5 jogos marcou 5 gols. Após um mês no clube paulista, Christian se transferiu para o Internacional de Porto Alegre, mas não conseguiu se firmar no ataque colorado para chegar ao seu 100º gol pela equipe.

Em 2008 acertou sua ida para a Portuguesa de Desportos para disputar a primiera divisão do Campeonato Brasileiro pelo clube. Após apenas um mês pelo clube paulistano, Christian mudou-se para o México, onde defendeu as cores do Pachuca. No início de 2009 retornou à Portuguesa de Desportos, dessa vez para disputar a segunda divisão.

Em 2010, disputou o Campeonato Paulista pelo Monte Azul. No segundo semestre do mesmo ano, assinou com o Pelotas. Em 22 de julho, antes mesmo de estrear pelo Pelotas, foi anunciado como novo reforço do São Caetano.

No final de 2010, abandonou a carreira aos 35 anos, devido a dores no joelho, reflexos de antigas lesões.

Christian comemorando seu gol do Grenal

Títulos

Internacional
São Paulo
Botafogo
  • Rio de Janeiro Taça Guanabara: 2006
  • Rio de Janeiro Campeonato Carioca: 2006
Seleção Brasileira
  • Copa América: 1999

Artilharias

Internacional

Referências

  1. Agradecemos ao torcedor do Internacional e pesquisador esportivo Alvirubro, por informações contidas nesse artigo, que permitiram recuperar parte importante da história do Grêmio.
  2. Christian vai ficar mais dois anos no Grêmio