Raul Donazar Calvet

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Calvet
Calvet


Informações pessoais
Nome completo Raul Donazar Calvet
Data de nasc. 03 de novembro de 1934
Local de nasc. Bagé-RS, BRA
Nacionalidade Brasil
Falecido em 29 de março de 2008 (73 anos)
Local do falec. Porto Alegre-RS, BRA
Informações profissionais
Função Zagueiro
Registro CBF 016082
Altura 1,80
Destro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
69 3 0.04
  • A estatística pode estar incompleta.
Categorias de base
Anos Clubes
Brasil Bagé
Brasil Guarany de Bagé
Clubes profissionais
Anos Clubes
1951 Brasil Bagé
1952-1955 Brasil Guarany de Bagé
1955-1956 Brasil Grêmio
1957-1959 Brasil Guarany de Bagé
1959-1960 Brasil Grêmio
1960-1964 Brasil Santos
Seleção nacional
Anos Seleção Jogos (gols)
1960-1962 Brasil Brasil    11      (0)

Raul Donazar Calvet, também conhecido como Calvet (Bagé-RS, BRA, 03 de novembro de 1934 - Porto Alegre-RS, BRA, 29  de março de 2008).

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
35
24
7
4
80
35
45
75.2%
Visitante
34
25
3
6
92
38
54
76.5%
Total
69
49
10
10
172
73
99
75.8%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

História

Calvet começou no GE Bagé, jogando como ponteiro direito, mesma posição que atuava seu irmão mais velho, Carlos Donazar Calvet que atuou por Pelotas, Botafogo e Internacional, além da dupla Ba-Gua. Em seguida se transferiu para o Guarany de Bagé, onde passou a atuar como centromédio e quarto zagueiro (Sua posição de preferência).

No ano de 1955, Calvet foi contratado pelo Grêmio a pedido de Oswaldo Rolla, que utilizou o atleta como centromédio. Por não gostar de atuar nesta posição, este período no Grêmio não teve brilho, e o atleta retornou ao Guarany de Bagé.

Em 1959, Ênio Rodrigues deveria passar por uma cirurgia, e para substituí-lo novamente Foguinho solicitou a contratação de Calvet, proposta que só foi aceita pelo atleta com a promessa de que atuaria na quarta zaga. Seu excelente desempenho no Grêmio chamou a atenção do Santos, principal clube brasileiro na época, que o contratou em 1960. Pelo clube paulista Calvet foi campeão Brasileiro, da Libertadores e do Mundo.

Calvet também jogou onze partidas pela Seleção Brasileira de Futebol. Em 1962 não foi convocado para a Copa do Mundo, o que foi considerado uma injustiça na época, acontecia que o treinador da Seleção Brasileira, Aymoré Moreira, era também treinador do São Paulo, e teve que decidir entre convocar Calvet do Santos ou Jurandyr do São Paulo. O treinador optou por escolher o atleta do seu clube sob a alegação de que a Seleção já contava com sete atletas santistas.

Ficou conhecido como um jogador técnico e elegante. Em 1964, aos 30 anos, abandonou o futebol ao romper parte do tendão de aquiles. No futebol Calvet ainda foi treinador e presidente do Guarany de Bagé. [1][2][3][4][5]

Títulos

Grêmio
  • Campeonato Gaúcho: 1956 e 1959.
Santos
  • Campeonato Paulista: 1961, 1962, 1963 e 1964.
  • Campeonato Brasileiro: 1961, 1962, 1963 e 1964.
  • Libertadores da América: 1962 e 1963.
  • Mundial de Clubes: 1962 e 1963.

Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
Grêmio 2 x 0 Vasco - 23/11/1955
Último Jogo
Grêmio 2 x 3 Internacional - 05/01/1960


Referências

  1. Jornal Folha do Sul. Um craque: Raul Donazar Calvet. Visitado em 16 de junho de 2019.
  2. Site Bruxo Tricolor. Álbum Tricolor (95): Raul Calvet. Visitado em 16 de junho de 2019.
  3. Site Oficial do Santos FC. Memória: Calvet fazia a estreia com a camisa do Santos FC. Visitado em 16 de junho de 2019.
  4. Site Oficial do Santos FC. Memória: Nascia Calvet, um dos maiores zagueiros da história do Santos FC. Visitado em 16 de junho de 2019.
  5. Site Tardes de Pacaembu. Calvet… o clássico de Bagé. Visitado em 16 de junho de 2019.