Mudanças entre as edições de "Predefinição:História de Mário Jardel Almeida Ribeiro"

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

(Curiosidades)
(Estatísticas do jogador por temporada)
 
Linha 70: Linha 70:
 
* Campeonato Português: 1996/1997, 1997/1998, 1998/1999, 1999/2000 e 2001/2002
 
* Campeonato Português: 1996/1997, 1997/1998, 1998/1999, 1999/2000 e 2001/2002
 
* Copa de Portugal: 1997-98, 1999-00 e 2001-02
 
* Copa de Portugal: 1997-98, 1999-00 e 2001-02
 
== Estatísticas do jogador por temporada ==
 
 
{| class="wikitable sortable"
 
|-
 
!#
 
!Jogador
 
!Foto
 
!Ano
 
!Gols
 
!<span title="Titular + Reserva que entrou">Jogos</span>
 
!Média de Gols
 
!Bancário
 
!Capitão
 
!Cartão {{camarelo}}
 
!Cartão {{cvermelho}}
 
|-
 
{{DesempenhoAno|1995|Mário Jardel Almeida Ribeiro}}
 
{{DesempenhoAno|1996|Mário Jardel Almeida Ribeiro}}
 
{{DesempenhoAno|+|Mário Jardel Almeida Ribeiro}}
 
|}
 
  
 
==Curiosidades==
 
==Curiosidades==

Edição atual tal como às 14h26min de 16 de janeiro de 2020

O jogador

Jardel começou sua carreira no Ferroviário do Ceará, onde chamou a atenção do Vasco, clube que o contratou. Ganhou vários títulos pela categoria de base do Vasco, bem como dois títulos cariocas como profissional em 1993 e 1994. Por tais feitos, despertou o interesse do Grêmio, que o contratou por empréstimo em 1995.

No Grêmio

Em 1995, o Grêmio montou um dos melhores time da história do clube, sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari, teve em seu ataque uma dupla muito eficiente com Paulo Nunes e Jardel, com a qual conquistou a Copa Libertadores da América de 1995, sendo Jardel o artilheiro daquela edição. Ainda aquele ano, o Imortal seria vice-campeão do Mundial de Clubes, perdendo o título para o Ajax dos Países Baixos, nos pênaltis.

Em 1996 o Porto de Portugal buscou junto ao Vasco sua contratação por US$ 1.500.000,00, mas, em respeito a um acordo firmado entre Eurico Miranda, presidente do Vasco, e Fábio Koff, presidente do Grêmio, a equipe cruzmaltina manteve a palavra com o Imortal, garantindo a venda do jogador por US$ 1.000.000,00 para o Tricolor Gaúcho [1]. A equipe do Porto não desistiu da contratação e acabou adquirindo Jardel por US$ 1.900.000,00. Antes de sair do Grêmio, Jardel levou o Imortal ao bi-campeonato gaúcho com duas atuações de gala frente ao Juventude.

Na Europa

Atuando pelo Porto de Portugal, manteve seu nível de grande goleador quando foi o principal artilheiro da Europa nos anos de 1997 e 1999, ganhando a Chuteira de Ouro e a de bronze em 2000. No campeonato português foi artilheiro por quatros vezes em 1996/97 (30 gols), 1997/98 (26 gols), 1998/99 (36 gols) e 1999/00 (38 gols). Ainda pelo Porto foi tri-campeão português de 1996/97,1997/98 e 1998/99 e bi-campeão da Taça de Portugal em 1997/98 e 1999/00. Ainda conquistou a Supertaça de Portugal de 1996/97.

Na temporada 2000/2001 foi transferido para o Galatasaray da Turquia onde foi vice-campeão turco e campeão da Supercopa da UEFA de 2000 batendo o poderoso Real Madrid de Casillas, Roberto Carlos, Figo e Raúl pelo placar de 2x1, com dois gols de Jardel.

Sua passagem pelo futebol turco foi curta e em 2001 regressou para Portugal, mas desta vez jogando pelo Sporting. Manteve seu grande nível tornando-se campeão português em 2001/02 e artilheiro com 42 gols. Na mesma temporada foi campeão da Taça de Portugal marcando o gol na finalíssima.

Outros clubes

A partir de 2003 seu futebol não se desenvolveu de forma plena, passando por diversos clubes sem repetir o mesmo sucesso. Teve passagens pelo futebol da Inglaterra (Bolton), Itália (Ancona), Palmeiras, Newell's Old Boys, Deportivo Alavés da Espanha, Nancy da França, Ankaraspor da Turquia, Goiás, Anarthosis do Chipre, Beira-Mar de Portugal e Criciúma e etc.

Seleção Brasileira

Jardel participou do Mundial Sub-21 na Austrália com a Seleção Brasileira, e sagrou-se campeão. Em 2001, estava na equipe principal que disputou a Copa América.

Aposentadoria

Jardel se aposentou em 2011. Seu último clube foi o Al-Taawon, da Arábia Saudita.

Títulos

Grêmio
Vasco
  • Campeonato Carioca: 1992, 1993 e 1994
Porto
  • Campeonato Português: 1996/97, 1997/98 e 1998/99
  • Taça de Portugal: 1997/98 e 1999/00
  • Supertaça de Portugal: 1996/97, 1997/98 e 1998/99
Galatasaray
  • Supercopa da UEFA: 2000
  • Copa da Turquia: 2000
Sporting
  • Campeonato Português: 2001/02
  • Taça de Portugal: 2001/02
Newell' Old Boys
  • Campeonato Argentino: 2004
Goiás
  • Campeonato Goiano: 2006
Anarthosis Famagusta
  • Copa de Chipre: 2007
  • Supercopa de Chipre: 2007

Prêmios individuais

  • IFFHS - Maior goleador do Mundo: 1999 e 2002
  • Chuteira de Ouro da UEFA - Maior goleador da Europa: 1999, 2002
  • Chuteira de Prata da UEFA: 1997
  • Chuteira de Bronze da UEFA: 2000
  • Bola de Ouro de Portugal: 1996/1997, 1997/1998
  • Melhor jogador do Campeonato Português: 1996/1997, 1998/1999, 2001/2002

Artilharia

  • Copa Libertadores de 1995
  • Liga dos Campeões da UEFA: 1999/2000 e vice-artilheiro em 2000/2001 e 2001/2002
  • Campeonato Português: 1996/1997, 1997/1998, 1998/1999, 1999/2000 e 2001/2002
  • Copa de Portugal: 1997-98, 1999-00 e 2001-02

Curiosidades

O jogador conseguiu 3 hat-trick's pelo Grêmio (3 gols ou mais em uma mesma partida).
É o maior artilheiro da história do Grêmio na Copa Libertadores com 15 gols.
É o jogador a marcar o primeiro hat-trick numa Copa Libertadores pelo Grêmio.
Gols pela Copa Libertadores: 15.
Gols pelo Campeonato Brasileiro: 10.
Gols pela Copa do Brasil: 05.
Gols pela Supercopa Libertadores: 04.
Gols pelo Campeonato Gaúcho: 22.
Gols pela Recopa Sul-Americana: 01.
Gols pela Sanwa Bank Cup: 01.
Gol pela Copa dos Campeões Mundiais: 02.
Gol por Amistosos: 05.