Supercopa Sul-Americana de 1997

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Supercopa Sul-Americana de 1997
X Supercopa Sul-Americana
Logo da CONMEBOL, organizadora do torneio.
Dados
Participantes 17
Organização CONMEBOL
Local de disputa Bandeiras da América do Sul.gif América do Sul
Período 27 de agosto17 de dezembro
Gol(o)s 171
Partidas 60
Média 2,85 gol(o)s por partida
Campeão Argentina River Plate (1º título)
Vice-campeão Brasil São Paulo
Melhor marcador Ivo Basay (Colo-Colo) - 8 gols
Maiores goleadas
(diferença)
São Paulo Brasil 5 – 1 Argentina Vélez Sarsfield
Morumbi, São Paulo
3 de setembro, primeira fase
 
River Plate Argentina 5 – 1 Brasil Vasco
Monumental de Núñez, Buenos Aires
24 de setembro, primeira fase
Média pessoas por partida
◄◄ 1996 Soccerball.png

A Supercopa Sul-Americana de 1997, também chamada de Supercopa Libertadores, foi a 10ª edição da competição de futebol realizada anualmente pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Participaram clubes campeões da Copa Libertadores da América de até então e o Vasco, convidado como Campeão do Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948. A disputa teve seu início em 27 de agosto e o término em 17 de dezembro de 1997. O Club Atlético River Plate conquistou seu primeiro título na competição ao vencer o São Paulo Futebol Clube pelo placar agregado de 2x1. Como campeão, o clube participou da Recopa Sul-Americana.

Equipes participantes

País Equipe Classificação Fase
Argentina Argentina


(5 vagas)

Boca Juniors Campeão da Libertadores de 1977 e 1978 Primeira fase
Estudiantes Campeão da Libertadores de 1968, 1969 e 1970
Independiente Campeão da Libertadores de 1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984
Racing Campeão da Libertadores de 1967
River Plate Campeão da Libertadores de 1986 e 1997
Vélez Sársfield Campeão da Libertadores de 1994
Brasil Brasil


(6 vagas)

Cruzeiro Campeão da Libertadores de 1976
Flamengo Campeão da Libertadores de 1981
Grêmio Campeão da Libertadores de 1983 e 1997
Santos Campeão da Libertadores de 1962 e 1963
São Paulo Campeão da Libertadores de 1992 e 1997
Vasco Campeão do Campeonato Sul-Americano de 1948 Preliminar
Chile Chile


(1 vaga)

Colo-Colo Campeão da Libertadores de 1989 Primeira fase
Colômbia Colômbia


(1 vaga)

Atlético Nacional Campeão da Libertadores de 1997
Paraguai Paraguai


(1 vaga)

Olimpia Campeão da Libertadores de 1979 e 1990
Uruguai Uruguai


(2 vagas)

Peñarol Campeão da Libertadores de 1960, 1961, 1966, 1982 e 1987 Preliminar
Nacional-URU Campeão da Libertadores de 1971 e 1980

Regulamento

A Supercopa Sul-Americana dessa edição foi realizada no sistema misto, com a presença dos clubes que haviam conquistado a Copa Libertadores da América até o ano anterior ao da realização do certame e o Vasco, que participou do certame como campeão do Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948. . O Grêmio garantiu vaga como campeão da Copa Libertadores da América de 1983 e 1997, disputando o título com outras 16 equipes. A Supercopa dessa edição não contou com o critério do gol fora de casa como desempate.

A competição foi dividida em uma fase preliminar entre as equipes do Vasco da Gama, Nacional e Peñarol do Uruguai. Os dois clubes melhores classificados na fase preliminar garantiria vaga na primeira fase, também chamada fase de grupos. A primeira fase contaria com 16 equipes divididas em quatro grupos de quatro equipes, onde os melhores classificados garantiriam vaga nas semifinais. Nesse momento a competição deixa de ser decidida no sistema de pontos corridos, passando ao sistema eliminatório até a final, em jogos de ida e volta para definir o campeão.

Estádios

Boca Juniors Cruzeiro Estudiantes Flamengo Grêmio Independiente
La Bombonera Mineirão Jorge Luis Hirschi Maracanã Olímpico La Doble Visera
Capacidade: 49 000,00 Capacidade: 61 846,00 Capacidade: 25 000,00 Capacidade: 78 838,00 Capacidade: 51 081,00 Capacidade: 52 364,00
La Bombonera.jpg Estádio Mineirão.jpg Jorge luis hirschi.jpg Estádio Maracanã.jpg Estádio Olímpico.jpg Estádio Libertadores de América.jpg
Nacional-URU
Olimpia
Centenário Defensores del Chaco
Capacidade: 65 235,00 Capacidade: 42 354,00
Estadio centenario uru.jpg Defensores-del-chaco-diez.jpg
Peñarol Racing
Centenário El Cilindro
Capacidade: 65 235,00 Capacidade: 51 389,00
Estadio centenario uru.jpg Estádio Juan Domingo Perón.jpg
River Plate Santos
Monumental de Nuñez Vila Belmiro
Capacidade: 61 688,00 Capacidade: 16 068,00
Monumentalnunez.jpg Estádio Vila Belmiro.jpg

Preliminar

Conforme previsto em regulamento, foram sorteados três equipes que disputariam entre si duas vaga à fase de grupos da competição, uma vez que havia número ímpar de participantes no torneio.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Vasco 7 4 2 1 1 5 4 1
2 Uruguai Peñarol 5 4 1 2 1 6 7 -1
3 Uruguai Nacional-URU 4 4 1 1 2 5 5 0

Primeira fase

A primeira fase da competição, definida no sistema de pontos corridos, dividiu as quatorze equipes já classificadas mais os dois melhores clubes da fase preliminar em quatro grupos de quatro equipes, se classificando os melhores de cada grupo para a fase final.

Grupo 1

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Chile Colo-Colo 11 6 3 2 1 12 9 3
2 Brasil Cruzeiro 9 6 3 0 3 9 10 -1
3 Argentina Independiente 8 6 2 2 2 9 9 0
4 Argentina Boca Juniors 5 6 1 2 3 7 9 -2

Grupo 2

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil São Paulo 11 6 3 2 1 15 8 7
2 Brasil Flamengo 10 6 3 1 2 10 7 3
3 Paraguai Olimpia 6 6 1 3 2 6 9 -3
4 Argentina Vélez Sársfield 5 6 1 2 3 6 13 -7

Grupo 3

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Argentina River Plate 15 6 5 0 1 17 9 8
2 Brasil Vasco 10 6 3 1 2 9 12 -3
3 Brasil Santos 7 6 2 1 3 11 12 -1
4 Argentina Racing 2 6 0 2 4 11 15 -4

Grupo 4

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Colômbia Atlético Nacional 10 6 3 2 1 9 7 2
2 Uruguai Peñarol 8 6 2 2 2 10 10 0
3 Argentina Estudiantes 8 6 2 2 2 8 8 0
4 Brasil Grêmio 6 6 1 3 2 9 11 -2

Fase final

  Semifinais Final
 05 a 27 de novembro  04 e 17 de dezembro
                     
 Argentina River Plate 2 1 3  
 Colômbia Atlético Nacional 0 2 2  
   Argentina River Plate 0 2 2
   Brasil São Paulo 0 1 1
 Brasil São Paulo 3 1 4
 Chile Colo-Colo 1 0 1

Semifinais

Jogos de ida

Supercopa Sul-Americana River Plate Argentina 2 — 0 Colômbia Atlético Nacional Estádio Monumental de Nuñez, Buenos Aires
5 de novembro de 1997

Salas Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3' Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' Árbitro: ParaguaiPAR Ubaldo Aquino Valenzano


Supercopa Sul-Americana São Paulo Brasil 3 — 1 Chile Colo-Colo Estádio Morumbi, São Paulo
6 de novembro de 1997

Fabiano Costa Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10'
Aristizábal Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Dodô Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88' Basay Público: 20 803 pessoas
Árbitro: UruguaiURU Jorge Luis Nieves

Jogos de volta

Supercopa Sul-Americana Atlético Nacional Colômbia 2 — 1 Argentina River Plate Estádio Atanasio Girardot, Medellín
26 de novembro de 1997

Osorio Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13'
Comas Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58' Gallardo Público: 52 152 pessoas
Árbitro: PerúPER José Arana


Supercopa Sul-Americana Colo-Colo Chile 0 — 1 Brasil São Paulo Estádio David Arellano, Santiago
27 de novembro de 1997

Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89' Dodô Público: 25 000 pessoas
Árbitro: EquadorEQU Byron Moreno

Final

Jogo de ida

Supercopa Sul-Americana São Paulo Brasil 0 – 0 Argentina River Plate Estádio Morumbi, São Paulo
4 de dezembro de 1997

Público: 47 589 pessoas
Árbitro: ChileCHL Mario Sánchez Yantén
Assistente 1: ChileCHL Eduardo Henrique Gamboa Latourniere
Assistente 2: ChileCHL Jaime Toro


Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
São Paulo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
River Plate
GL 1 Brasil Rogério Ceni Capitão
LD 13 Brasil Zé Carlos
ZG 15 Brasil Edmílson
ZG 14 Brasil Álvaro Substituído após 61 minutos de jogo 61'
LE 6 Brasil Serginho
VL 8 Brasil Alexandre
VL 5 Brasil Sidney
MC 7 Brasil Fabiano Costa
MC 23 Brasil Marcelinho Paraíba
AT 9 Brasil França Substituído após 85 minutos de jogo 85'
AT 10 Brasil Dodô
Substituições:
MC 22 Brasil Reinaldo Entrou em campo após 61 minutos 61'
MC 19 Brasil Fábio Mello Entrou em campo após 85 minutos 85'
Treinador:
Uruguai Darío Pereyra
GL 1 Argentina Burgos
LD 4 Argentina Díaz
ZG 2 Paraguai Ayala
ZG 6 Argentina Berizzo
LE 3 Argentina Sorín Substituído após 55 minutos de jogo 55'
VL 5 Argentina Astrada Substituído após 82 minutos de jogo 82'
VL 8 Argentina Monserrat
MC 10 Argentina Gallardo
MC 11 Argentina Berti PenalizadoPenalizadoExpulso
AT 7 Chile Salas
AT 9 Uruguai Francescoli Capitão Substituído após 62 minutos de jogo 62'
Substituições:
MC 14 Argentina Escudero Entrou em campo após 55 minutos 55'
VL 15 Argentina Gancedo Entrou em campo após 82 minutos 82'
MC 25 Argentina Placente Entrou em campo após 62 minutos 62'
Treinador:
Argentina Ramón Ángel Díaz

Jogo de ida

Supercopa Sul-Americana River Plate Argentina 2 – 1 Brasil São Paulo Estádio Monumental de Nuñez, Buenos Aires
17 de dezembro de 1997

Salas Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46' Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58' Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53' Dodô Público: 59 181 pessoas
Árbitro: ParaguaiPAR Ubaldo Aquino Valenzano
Assistente 1: ParaguaiPAR Bonifacio Nuñez
Assistente 2: ParaguaiPAR Néstor González


Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
River Plate
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
São Paulo
GL 1 Argentina Burgos Penalizado com cartão amarelo após 50 minutos 50'
LD 4 Argentina Díaz Penalizado com cartão amarelo após 33 minutos 33'
ZG 2 Paraguai Ayala Penalizado com cartão amarelo após 64 minutos 64'
ZG 6 Argentina Berizzo
LE 3 Argentina Sorín Substituído após 82 minutos de jogo 82'
VL 5 Argentina Astrada PenalizadoPenalizadoExpulso
VL 8 Argentina Monserrat
MC 10 Argentina Gallardo Substituído após 85 minutos de jogo 85'
MC 25 Argentina Placente
AT 7 Chile Salas
AT 9 Uruguai Francescoli Capitão Penalizado com cartão amarelo após 22 minutos 22' Substituído após 77 minutos de jogo 77'
Substituições:
MC 14 Argentina Escudero Entrou em campo após 82 minutos 82'
MC 21 Argentina Solari Entrou em campo após 85 minutos 85'
VL 15 Argentina Gancedo Entrou em campo após 77 minutos 77'
Treinador:
Argentina Ramón Ángel Díaz
GL 12 Brasil Roger
LD 13 Brasil Zé Carlos
ZG 15 Brasil Edmílson Penalizado com cartão amarelo após 90 minutos 90'
ZG 14 Brasil Álvaro
LE 6 Brasil Serginho Capitão
VL 8 Brasil Alexandre Substituído após 21 minutos de jogo 21'
VL 5 Brasil Sidney Penalizado com cartão amarelo após 6 minutos 6'
MC 7 Brasil Fabiano Costa Substituído após 70 minutos de jogo 70'
MC 23 Brasil Marcelinho Paraíba PenalizadoPenalizadoExpulso
AT 24 Colômbia Aristizábal Substituído após 61 minutos de jogo 61'
AT 10 Brasil Dodô
Substituições:
MC 19 Brasil Fábio Mello Entrou em campo após 21 minutos 21'
LD 2 Brasil Cláudio Entrou em campo após 70 minutos 70'
MC 22 Brasil Reinaldo Entrou em campo após 61 minutos 61'
Treinador:
Uruguai Darío Pereyra

Estatísticas

Premiação

Supercopa Sul-Americana
Bandeira da Argentina.png
Escudo River Plate.png
Campeão
(1º título)

Referências