João Mallmann

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Parobé
Parobé

João Mallmann


Informações pessoais
Nome completo João Mallmann
Data de nasc. 13 de setembro de 1938
Local de nasc. Guaporé-RS, BRA
Nacionalidade Brasil
Falecido em 18 de outubro de 2011 (73 anos)
Local do falec. Alvorada-RS, BRA
Informações profissionais
Função Ponta-esquerda
Funções
Jogador
Jogador
Treinador
Treinador
Árbitro
Árbitro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
4 1 0.25
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes profissionais
Anos Clubes
1956-1957 Brasil Força e Luz
1958 Brasil Grêmio
1958 Brasil Juventus-SP
1959 Brasil Corinthians
1961-1962 Brasil Aimoré
1962 Argentina San Lorenzo
1963-1964 Brasil Internacional
1965 Brasil Juventude
1971 Brasil Criciúma
1972 Brasil Palmeiras-SC
Outros esportes
Anos Esporte
1957-1958 Voleibol (Grêmio)
1957-1958 Futebol de Salão (Grêmio)

João Mallmann, também conhecido como Parobé (Guaporé-RS, BRA, 13 de setembro de 1938 - Alvorada-RS, BRA, 18 de outubro de 2011).

Icone Livro.png História

Nascido em Guaporé, João Mallmann ganhou como apelido o nome da escola em que estudava, a tradicional Escola Técnica Parobé, em Porto Alegre. Seu esporte de origem foi o voleibol, ingressando na categoria juvenil do Grêmio em 1954. Já no ano seguinte, foi convocado para a seleção gaúcha da categoria, que disputou o Campeonato Brasileiro em Salvador. Em seu último ano como juvenil, 1956, era o capitão e grande destaque da equipe tricolor que venceu os campeonatos citadino e estadual da categoria.

Ainda em 1956, Parobé ingressou nos juvenis do Força e Luz para jogar futebol de campo, além de ter uma breve passagem pela equipe juvenil do basquetebol do Grêmio. Nos dois anos que esteve no Força e Luz, além de atuar entre os juvenis, jogou diversas vezes nos aspirantes e algumas raras oportunidades entre os titulares, incluindo uma partida contra o Grêmio no Citadino de 1957.

O ano de 1957 foi intenso para o atleta, que ia ganhando algum destaque atuando pelo Força e Luz. No voleibol, fez parte de uma equipe lendária do Grêmio, que naquele ano conquistaria pela quarta vez consecutiva os títulos da cidade e do estado. Além disso, ingressou no recém criado departamento de futebol de salão do tricolor. Na temporada de estreia do clube nas quadras do esporte que era a sensação da época, o Grêmio foi vice-campeão citadino e Parobé foi eleito pela crônica esportiva como o melhor atacante e o jogador revelação da competição.[1]

No começo de 1958, fez alguns testes no Olímpico para o futebol de campo e foi aprovado por Foguinho. Assinando seu primeiro contrato profissional, Parobé se viu obrigado a abandonar o voleibol e o futebol de salão.[2] No final de maio, com pouco espaço no Grêmio e após um desentendimento com o técnico Foguinho, Parobé é cedido ao Juventus para a disputa do Campeonato Paulista. Ao final da competição, não pode retornar ao Grêmio por ter sido convocado para o serviço militar.[3] Na seleção que representaria o Brasil no Sul-Americano Militar, atuou junto de Pelé.[4] Findado o serviço militar, acaba ficando praticamente de graça no Corinthians.[5]

No começo de 1961, sem se firmar no clube paulista, retorna ao Rio Grande do Sul. Pede autorização para treinar nos Eucaliptos, mas acaba assinando com o Aimoré.[6] Depois, teve rápida passagem pelo San Lorenzo, disputando apenas oito partidas. Voltou a Porto Alegre para atuar no Internacional onde viveu alguns bons momentos. No começo de 1965, foi ao Rio de Janeiro, junto do colega Gaspar, a fim de realizar testes no Flamengo. Na ocasião, ocorreu um desacerto entre o atleta e o Internacional, que não teria facilitado sua transferência. Com isso, Parobé foi para o Juventude.[7] Encerrou sua carreira em Santa Catarina, jogando pelo Comerciário e, depois, pelo Palmeiras de Blumenau. Depois de se aposentar, atuou por alguns anos como comentarista na Rádio Alvorada, de Blumenau. Faleceu em Alvorada em 18 de outubro de 2011.

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
1
1
0
0
3
2
1
100%
Visitante
3
3
0
0
22
4
18
100%
Total
4
4
0
0
25
6
19
100%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
Seleção de Ijuí 2 x 5 Grêmio - 14/04/1958
Último Jogo
Grêmio 3 x 2 Aimoré - 11/05/1958


Banco de dados.png

Referências