Edwin Horácio Cox

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Cox
Cox

Edwin Horácio Cox

Informações pessoais
Nome completo Edwin Horácio Cox
Data de nasc. 07 de agosto de 1886
Local de nasc. Rio de Janeiro-RJ, BRA
Nacionalidade Brasil Inglaterra
Falecido em 16 de dezembro de 1975 (89 anos)
Local do falec. Rio de Janeiro-RJ, BRA
Informações profissionais
Função Atacante
Funções
Jogador
Jogador
Treinador
Treinador
Árbitro
Árbitro
Como jogador do Grêmio
Jogos Gols Média
7 10 1.43
  • A estatística pode estar incompleta.
Números no Grêmio como Treinador
Jogos V E D Aprov
3 1 0 2 33.3%
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes profissionais
Anos Clubes
1903-1910 Brasil Fluminense
1911 Brasil Grêmio
Equipes que treinou
Anos Clubes
1911 Brasil Grêmio

Edwin Horácio Cox, também conhecido como Cox (Rio de Janeiro-RJ, BRA, 07 de agosto de 1886 - Rio de Janeiro-RJ, BRA, 16 de dezembro de 1975).

Icone Livro.png História

Cox nasceu no Rio de Janeiro, mas, como seu irmão, também tinha a nacionalidade inglesa, tendo como pais, George Emmanuel Cox, cidadão inglês nascido em Guayaquil, Equador, onde fora vice-cônsul da Inglaterra, e da carioca Minervina Dutra Cox.[1] Era irmão do principal fundador do Fluminense, Oscar Alfredo Cox.

Carreira

Edwin Cox atuou pelo Fluminense entre 1903 e 1910, fez 60 gols em 66 jogos disputados[2], sendo 41 deles no campo do Fluminense, nas Laranjeiras, campo este onde é o décimo maior artilheiro do clube, mesmo jogando em uma época com menos clubes e competições, o que fazia o número de jogos por ano ser menor do que nos períodos posteriores.[3] Considerado o primeiro grande jogador do clube carioca, Cox chamava a atenção dos desportistas daquela época por sua característica de exímio driblador.

Tri-campeão carioca e artilheiro do campeonato de 1908 com 12 gols, se mudou para Porto Alegre em dezembro de 1910, para trabalhar no Banco da Província[1], levando o seu amigo, o alemão Schuback, que formaria uma lendária zaga no Grêmio com o também alemão Mohrdieck. Trouxe duas grandes modificações para o tricolor gaúcho: o drible e a escalação do time pelo desempenho dos jogadores nos treinamentos, e não por imposição prévia da diretoria.[4] Dividiu o posto de Diretor de Campo com Brochado, eleito antes de sua chegada. Também recebeu o título de Capitão, que pertencia a Booth.

Apesar de apenas um ano no Grêmio, Cox teve uma passagem marcante. Introduziu novos métodos de treinamento e levou o clube ao primeiro título citadino. Disputou um Grenal, na vitória gremista por 10x1, em 18 de junho de 1911, marcando dois gols, sendo um gol de Charles, ou seja, um gol de calcanhar no grande clássico, o primeiro de que se tem notícia na capital gaúcha. Também participou da excursão do time ao interior do Rio Grande do Sul, onde pela primeira vez o Grêmio disputou um jogo fora de Porto Alegre e uma partida internacional, enfrentando o Pelotas e a Seleção Uruguaia.

Títulos

Fluminense
  • Rio de Janeiro Campeonato Carioca: 1906, 1907 e 1908
Grêmio
Prêmios individuais
  • Artilheiro do Campeonato Carioca - 12 gols: 1908

Banco de dadosEstatística como jogador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
5
4
0
1
22
5
17
80%
Visitante
2
1
0
1
10
2
8
50%
Total
7
5
0
2
32
7
25
71.4%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Banco de dadosPartidas como jogador do Grêmio

Estreia
Grêmio 10 x 1 7 de Setembro - 28/05/1911
Último Jogo
Grêmio 1 x 0 Fussball - 22/10/1911


Banco de dadosEstatística como treinador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
2
1
0
1
1
3
-2
50%
Visitante
1
0
0
1
0
1
-1
0%
Total
3
1
0
2
1
4
-3
33.3%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Banco de dadosPartidas como treinador do Grêmio

Estreia
Pelotas 1 x 0 Grêmio - 16/07/1911
Último Jogo
Grêmio 1 x 0 Fussball - 22/10/1911


Banco de dados.png

Referências

  1. 1,0 1,1 Ricardo Santos Soares. O Foot-Ball de Todos - Uma história social do futebol em Porto Alegre, 1903-1918. Visitado em 13 de março de 2019.
  2. Ricardo de Freitas Lima. Jogadores - Letra E - Edwin Cox Fluzão.info. Visitado em 11 de março de 2019.
  3. Ricardo de Freitas Lima. Especiais - Estádio - Maior artilheiro em estádio - Laranjeiras Fluzão.info. Visitado em 11 de março de 2019.
  4. FERLA, Marcelo. Imortal Tricolor: 100 anos de glórias 1903/2003. Porto Alegre: L&PM, 2002.