Copa José González Artigas

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Copa José González Artigas
Copa José González Artigas
Copa José González Artigas de 1954.jpg
Troféu da competição
Dados gerais
Edições 1 (1 em jogo único)
Local de disputa Equador Equador
Número de equipes 2
Sistema Jogo único
editar

A Copa José González Artigas foi uma competição de futebol amistosa disputada no ano de 1954. O torneio foi vencido pelo Grêmio em jogo único contra o Barcelona de Guayaquil, do Equador.

Informações gerais

A história

Em 1954 o Grêmio finalizaria um dos momentos mais marcantes do final dos anos 40 e início dos anos 50, a campanha composta por diversas excursões que ficou conhecida como Conquista das Três Américas. No período em questão o Imortal buscava a internacionalização da marca, viajando para diversos países na América do Norte, Central e do Sul. Foi nessas viagens que conquistou seus primeiros torneios internacionais, o Troféu Sadrep e a Copa Presidente de la República de Costa Rica, vencidos sobre o Nacional do Uruguai e a Seleção da Costa Rica, respectivamente.

A Copa José González Artigas foi a terceira competição internacional disputada pelo Grêmio, sendo que muito pouco se tem conhecimento dos detalhes do título, tanto pela ausência de informação nas mídias da época quanto pela data distante em que foi realizada. Existem diversas fontes em mídias variadas que dão conta da participação do Emelec, tratando do torneio como um triangular, mas essa informação parece equivocada, sendo que o troféu da competição consta a inscrição apenas do nome do Barcelona de Guayaquil.

O Grêmio iniciou o ano de 1954 em solo mexicano, uma vez que havia realizado uma excursão para a América do Norte no período, tendo feito seu primeiro jogo em 13 de dezembro de 1953, vitória por 4x0 sobre o Necaxa, e sua última partida em 10 de janeiro de 1954, empatem em 0x0 com o Chivas Guadalajara. No retorno para casa desembarcou no Equador, onde realizou uma partida contra o Emelec em 13 de janeiro, quatro dias depois, em 17 de janeiro, disputaria o Copa José González Artigas, dessa vez contra o Barcelona de Guayaquil.

Em 1954 o futebol equatoriano passava por mudanças profundas, uma grande batalha se formava entre os tradicionais clubes do Equador, sobretudo Emelec e Barcelona de Guayaquil, contra a Federação local. Os clubes lutavam pela profissionalização do esporte, enquanto a Federação era contra a iniciativa. O Grêmio, que a duas décadas já havia encabeçado um movimento semelhante, mesmo que desde os anos iniciais tenha tido embates sobre a questão do profissionalismo, conhecia bem a situação dos adversários equatorianos. Assim, a Copa José González Artigas, além de um torneio entre clubes, também representava um dos eventos que culminariam na profissionalização do futebol no Equador. Embora Guayaquil já possuísse um campeonato local profissional, o primeiro Campeonato Equatoriano somente seria realizado em 1957, depois de um longo debate entre clubes e federações.

A decisão do torneio em jogo único foi disputada em 17 de janeiro de 1954, no Estádio George Capwell. O Grêmio marcou seu primeiro gol com Mujica, aos 39 do primeiro tempo, na segunda etapa Torres ampliou aos 28 minutos. O Barcelona chegou a descontar com Enrique Cantos anos 39 minutos, mas no final, vitória do Tricolor dos Pampas por 2x1 e o terceiro torneio internacional conquistado pelo Imortal em três disputados.

Edições

Ano Final Semifinalistas
Campeão Placar Vice
Anteriormente Não disputada
Competição não foi realizada
1954
Detalhes
Escudo Grêmio.png
Grêmio
21 Escudo Barcelona-EQU.png
Barcelona-EQU
Não houve Não houve
Posteriormente Não disputada
Competição não foi realizada

Artilheiros do Grêmio na competição

Gols Jogador
1 Brasil Mujica
Brasil Torres

Ver também

Referências