Taça Centenário da Independência de 1922

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Taça Centenário da Independência
Dados
Participantes 4
Organização FRGD e APAF
Anfitrião Porto Alegre Porto Alegre (RS)
Período 06 de setembro08 de setembro
Gol(o)s 12
Partidas 3
Média 4,00 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira de Rio Grande-RS-BRA.png Rio Grande
Vice-campeão Porto Alegre Grêmio
Melhor marcador Com 4 gols:
Brasil Coriolano (Rio Grande)

A Taça Centenário da Independência de 1922 foi uma competição amistosa instituida pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul e organizada pela Federação Rio Grandense de Desportos (FRGD) em conjunto com a Associação Porto Alegrense de Foot-Ball (APAF). O torneio fez parte das comemorações do primeiro Centenário da Independência do Brasil.

Para a competição foram convidados o Grêmio, atual campeão do estado, o Riograndense-SM vice-campeão estadual, campeão de Santa Maria e da 3ª Região Esportiva do Estado, o Rio Grande, campeão da cidade de Rio Grande e clube mais antigo do Rio Grande do Sul, além do Ruy Barbosa, segundo colocado no Campeonato de Porto Alegre. Ao final do certame o Sport Club Rio Grande se sagrou campeão.

Participantes

Participantes
Equipe Cidade
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense Porto Alegre Porto Alegre (RS)
Riograndense Futebol Clube Santa Maria Santa Maria (RS)
Sport Club Rio Grande Rio Grande Rio Grande (RS)
Sport Club Ruy Barbosa Porto Alegre Porto Alegre (RS)

Semifinais

Taça Centenário – Semifinal Ruy Barbosa Porto Alegre 1 — 3 Bandeira de Rio Grande-RS-BRA.png Rio Grande Estádio da Baixada, Porto Alegre-RS
06 de setembro de 1922
14:00 (UTC -3)

Coró Gol marcado Gol marcado Gol marcado Coriolano
Gol marcado Alberto
Árbitro: BrasilBRA José Motta

Ruy Barbosa: Carioca; Presser e Perazoni; Manzoli, Leon e Roque; Zeca, Coró, Teixeira, Toy e Tatú.
Rio Grande: Pato; Verdura e Granda; Carancho, Miranda e Garbero; Patinho, Alberto, Nelson, Coriolano e Leôncio.


Taça Centenário – Semifinal Grêmio Porto Alegre 2 — 1 Bandeira de Santa Maria-RS-BRA.png Riograndense de Santa Maria Estádio da Baixada, Porto Alegre-RS
06 de setembro de 1922
16:00 (UTC -3)

Léo Gol marcado
Jorge Py Gol marcado
Relatório Gol marcado Mosquito Árbitro: BrasilBRA Waldemar Cunha "Pato"

Grêmio: Lycério; Sardinha I e Neco; Jorge Py, Dorival e Meneghini; Léo, Totte, Olivério, Lagarto e Parreira.
Riograndense-SM: Barreto; Correia e Avancini; Ferreira, Barulho e Lemos; Salles, Willy, Lobo, Mosquito e Santos.

Final

Taça Centenário – Final Grêmio Porto Alegre 1 — 4 Bandeira de Rio Grande-RS-BRA.png Rio Grande Estádio da Baixada, Porto Alegre-RS
08 de setembro de 1922
16:00 (UTC -3)

Lagarto Gol marcado Relatório Gol marcado Gol marcado Coriolano
Gol marcado Nelson
Gol marcado Alberto
Árbitro: BrasilBRA Willy Haupt

Grêmio: Lycério; Sardinha I e Neco; Jorge Py, Dorival e Meneghini; Léo, Totte, Bruno, Lagarto e Parreira.
Rio Grande: Pato; Verdura e Granda; Carancho, Miranda e Garbero; Patinho, Alberto, Nelson, Coriolano e Leôncio.

Chaveamento

  Semifinais     Final
                 
   Porto Alegre Ruy Barbosa 1  
   Bandeira de Rio Grande-RS-BRA.png Rio Grande 3    
       Bandeira de Rio Grande-RS-BRA.png Rio Grande 4
       Porto Alegre Grêmio 1
   Porto Alegre Grêmio 2    
   Bandeira de Santa Maria-RS-BRA.png Riograndense de Santa Maria 1  

Premiação

Taça Centenário da Independência
Bandeira de Rio Grande-RS-BRA.png
Escudo Rio Grande.png
Campeão

Observação

  • Em paralelo a esta competição a Associação Porto Alegrense de Desportos (APAD) organizou na Chácara dos Eucaliptos uma competição chamada "Taça Independência", que contou com a participação dos seguintes clubes: Da capital gaúcha Internacional, Cruzeiro, São José e Porto Alegre. Além de Brasil de Pelotas e Rio-Grandense de Rio Grande.

Referências

  • Fonte: Diversas edições do Jornal A Federação de 1922.