Alfredo Sampaio Filho

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Alfredinho
Alfredinho
Informações pessoais
Nome completo Alfredo Sampaio Filho
Data de nasc. 07 de fevereiro de 1927
Local de nasc. Cascavel, Ceará Brasil
Falecido em 04 de abril de 2017 (90 anos)
Local da morte Ribeirão Preto, São Paulo Brasil
Apelido Alfredinho Lambreta, Bruxo
Informações profissionais
Posição Centroavante e Ponta-direita
Números no Grêmio como Jogador
Jogos Gols Média
12 3 0.25
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes profissionais
Anos Clubes

1955
1955-1959
1957-1958
1960
Brasil Ceará
Brasil Linense
Brasil Santos
Brasil Grêmio (emp.)
Brasil Comercial-SP



Alfredo Sampaio Filho (Cascavel (CE), 7 de fevereiro de 1927, ele faleceu no dia 4 de abril de 2017), mais conhecido como Alfredinho, é um ex-futebolista brasileiro que atuava como centroavante e ponta-direita, defendeu o Grêmio de 1957 até 1958.

Carreira

Na Vila, foi bicampeão paulista (55/56) no time ainda sem Pelé, mas que tinha Zito, Formiga, Vasconcelos, Manga, os irmãos Álvaro e Ramiro.

No ano seguinte, conquistou outro título estadual, só que pelo Grêmio. Voltou ao Peixe, já com Edson Arantes do Nascimento. "Ele (Pelé) é que jogou comigo, pois eu já era bicampeão", costumava dizer Alfredinho.

Ele começou a jogar no próprio Ceará Sporting Club. Teve passagens também pelo Sampaio Correia, Madureira, Palmeiras, onde sequer fez uma partida, Linense e XV de Piracicaba. Pendurou as chuteiras no Comercial, de Ribeirão Preto, no início dos anos 60.

Depois, foi auxiliar-técnico de Lula no Santos. Ali, conquistou em 63 o título mais importante, o bicampeonato mundial contra o Milan, no Maracanã.

A partir daí, trilhou uma longa carreira de treinador, que lhe rendeu uma vivência de 50 anos no futebol - 18 como jogador e 32 como técnico.

Na função de comandante, Alfredinho tornou-se personagem folclórico no interior paulista, sendo apelidado até de "Bruxo". Isso porque, segundo ele, fez a proeza de evitar 18 rebaixamentos em campeonatos estaduais. Dizia que tinha livrado do descenso, quatro vezes cada, Comercial, Botafogo e Marília.

Títulos

Santos
  • São Paulo Campeonato Paulista: 1955 e 1956
Grêmio

Referências