Troféu Fronteira da Paz

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Troféu Fronteira da Paz
Troféu Fronteira da Paz
Troféu Fronteira da Paz
Dados gerais
Edições 2 (Jogo único)
Local de disputa Rivera,Uruguai URU
Número de equipes 2
Sistema Jogo único
editar

O Troféu Fronteira da Paz, foi uma competição de futebol amistosa disputada duas vezes no ano de 2010, sendo uma edição entre Grêmio e Nacional-URU e outra entre Internacional e Peñarol. O troféu foi disputado em sistema de jogo único no Estádio Atilio Paiva Olivera, localizado em Rivera, no Uruguai. Teve como campeãs as equipes do Grêmio e do Internacional.

Informações gerais

Em 2010 o Grêmio foi convidado juntamente com o Nacional-URU para a disputa da Troféu Fronteira da Paz em jogo único a ser realizado no Estádio Atilio Paiva Olivera, dias depois uma segunda edição do evento seria disputada entre Internacional e Peñarol, igualmente no estádio da cidade fronteiriça[1]. Os organizadores do evento planejavam nomear o troféu disputado pelos tricolores como Troféu Hugo de León, em homenagem ao ídolo do Tricolor Gaúcho e Tricolor Charrua, mas rumores de que a direção do clube uruguaio na época teriam vetado a homenagem em razão de suposto apoio do ex-jogador aos adversários nas eleições do clube, de que De León teria pedido compensação financeira para participar do evento e até mesmo que não teria sido localizado; acabaram impossibilitando a homenagem.

Em 27 de junho, durante o recesso futebolístico para a Copa do Mundo de 2010, Grêmio e Nacional entravam em campo para a disputa do título. Com forte vento e chuva constante, as equipes iniciaram o duelo que, apesar de amistoso, teve ares de decisão[2]. No primeiro tempo o Grêmio demonstrou um bom futebol e domínio do jogo[3], tendo como destaque o meia Maylson, autor dos dois gols da primeira etapa, aos 36 e 39 minutos de jogo.

A etapa final contou com maior equilíbrio de partida, o Grêmio substituiu todos seus jogadores titulares pelos reservas, com exceção ao jogador Ozéia, que permaneceu em campo, mas foi substituído no decorrer da segunda etapa. O Nacional também realizou alterações, substituindo sete jogadores durante o enfrentamento. Logo aos 3 minutos da etapa final, Santiago García diminui a vantagem gremista, marcando o gol da equipe charrua, mas aos 12 minutos Mario Regueiro acaba marcando contra seu próprio gol em escanteio de Fábio Rochemback, decretando o placar final de 3x1 para o Imortal e mais um torneio internacional para o Grêmio.

Edições

Ano Final Semifinalistas
Campeão Placar Vice
Anteriormente Não foi disputado
Competição não foi realizada
2010
Detalhes
Escudo Grêmio.png
Grêmio
3 – 1 Escudo Nacional-URU.png
Nacional-URU
Não houve Não houve
2010
(2ª edição)
Não participou
Competição não contou com a participação do Grêmio
Posteriormente Não foi disputado
Competição não foi realizada

Artilheiros do Grêmio na competição

Gols Jogador
2 Brasil Maylson

Ver também

Referências

  1. Nos pênaltis, Internacional conquista Troféu Fronteira da Paz globoesporte.globo.com. Visitado em 5 de agosto de 2017.
  2. Grêmio vence Nacional de Montevidéu em amistoso com cara de decisão esporte.uol.com.br. Visitado em 5 de agosto de 2017.
  3. Em Rivera, Grêmio conquista Troféu Fronteira da Paz esportes.estadao.com.br. Visitado em 5 de agosto de 2017.