Primeiro Grenal

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

A história que jamais será apagada, primeiro grenal, 10x0.

Primeiro grenal - A maior goleada do clássico

Programa do primeiro Grenal

Em 21 de junho de 1909, quatro representantes do Internacional reuniram-se com os representantes do Grêmio na sede da Sociedade Leopoldina Porto Alegrense, para tratarem do primeiro confronto entre os dois clubes.

O Internacional, fundado dois meses antes, convidaria o Grêmio para ser o seu primeiro adversário.[1]

A partida inicialmente seria realizada em 27 de junho.[2] Com a proximidade de um jogo com o Fuss-Ball, previamente marcado, o então presidente do Grêmio, major Augusto Koch, declarou que sua equipe enfrentaria o Internacional com o segundo quadro (time reserva). Os dirigentes do Internacional, por sua vez, não aceitaram e exigiram que seu adversário jogasse com o time principal.

A diretoria gremista concordou. Porém, como a agenda do clube estava lotada, a partida seria realizada somente no mês seguinte.

O primeiro Grenal da história ocorreu no dia 18 de julho de 1909, em um domingo, no Estádio da Baixada (que pertencia ao Grêmio). Às 15 horas e 10 minutos, as duas equipes entraram no campo da Baixada, precedidas pelos respectivos presidentes e pela banda da Brigada Militar.

Os jogadores do Grêmio trajavam camisa dividida verticalmente em metade azul e metade branca, com calções pretos.

Já os do Internacional vestiam camisa listrada verticalmente em vermelho e branco, com calções brancos. O público presente foi estimado em duas mil pessoas.

O árbitro da partida foi Waldemar Bromberg, sendo juízes de linha João de Castro e Silva e H. Sommer, e juízes de gol Theobaldo Foernges e Theodoro Bugs. Os juízes de gol ficavam sentados num banquinho ao lado das goleiras, indicando se a bola entrava ou não no gol, pois na época não havia redes nas goleiras.

O pontapé inicial fora dado por Edgar Booth que, aos 10 minutos, marcou o primeiro gol do jogo e da história do clássico. Booth ainda marcou mais quatro gols, sendo o restante dos tentos marcados por Júlio Grünewald (4 gols) e Moreira (1 gol), totalizando o placar em 10 a 0 para o Grêmio, a maior goleada da história dos Grenais.


Amistoso Grêmio Porto Alegre 10 - 0 Bandeira de Porto Alegre-RS-BRA.png Internacional Estádio da Baixada, Porto Alegre-RS, BRA
domingo, 18 de julho de 1909
15:27
Booth Gol marcado aos a minutos de jogo a' Gol marcado aos b minutos de jogo b' Gol marcado aos ? minutos de jogo ?' Gol marcado aos ? minutos de jogo ?' Gol marcado aos ? minutos de jogo ?'
Grünewald Gol marcado aos ? minutos de jogo ?' Gol marcado aos ? minutos de jogo ?' Gol marcado aos ? minutos de jogo ?' Gol marcado aos ? minutos de jogo ?'
Moreira Gol marcado aos ? minutos de jogo ?'
Relatório
Público: 2000
Árbitro: AlemanhaALE Waldemar Bromberg



Cores do Grêmio Cores do Grêmio Cores do Grêmio
Cores do Grêmio
Cores do Grêmio
Grêmio
 
 
Formação: 2-3-5
GL   -    Brasil Kallfelz
ZG   -    Brasil Deppermann
ZG   -    Brasil Becker
MC   -    Brasil Carls
MC   -    Alemanha Black
MC   -    Brasil Mostardeiro I
AT   -    Brasil Brochado
AT   -    Brasil Moreira
AT   -    BrasilInglaterra Booth
AT   -    Brasil Schroeder
AT   -    Brasil Grünewald Capitão
Diretor de Campo:
Brasil Guilherme Kallfelz Filho
                     Cores do Internacional Cores do Internacional Cores do Internacional                     
Cores do Internacional
Cores do Internacional
Internacional
 
 
Formação: 2-3-5
GL   -    Brasil  Poppe II
ZG   -    Brasil  Portella
ZG   -    Não definido  Simoni
MC   -    Brasil  Vinholes
MC   -    Brasil  Pires
MC   -    Brasil  Wetternick
AT   -    Brasil  Poppe I Capitão
AT   -    Brasil  Horácio
AT   -    Brasil  Cezar
AT   -    Brasil  Mendonça
AT   -    Brasil  Carvalho
Diretor de Campo:
Brasil  José Eduardo Poppe

Referências