Martim Schenini Aranha

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Aranha
Aranha

Martim Schenini Aranha

Informações pessoais
Nome completo Martim Schenini Aranha
Data de nasc. 05 de novembro de 1910
Local de nasc. Itaqui-RS, BRA
Nacionalidade Brasil
Falecido em 31 de janeiro de 1986 (75 anos)
Local do falec. Porto Alegre-RS, BRA
Informações profissionais
Função Atacante
Funções
Jogador
Jogador
Treinador
Treinador
Árbitro
Árbitro
Números no Grêmio como Treinador
Jogos V E D Aprov
5 4 0 1 80%
  • A estatística pode estar incompleta.
Clubes profissionais
Anos Clubes
1929 Brasil Grêmio
Equipes que treinou
Anos Clubes
1945 Brasil Grêmio
Como dirigente do Grêmio
Anos Cargo
1945 Presidente

Martim Schenini Aranha, também conhecido como Aranha (Itaqui-RS, BRA, 05 de novembro de 1910 - Porto Alegre-RS, BRA, 31 de janeiro de 1986).

Icone Livro.png História

Nasceu em Itaqui, no dia 5 de novembro de 1910, filho de Sarjob Egídio de Souza Aranha e Angelina Souza Aranha.

Cursou o Colégio Elementar em Itaqui, localidade na qual viveu até 1924. Estudou no Colégio Gonzaga de Pelotas, 1925, e frequentou o Ginásio Catarinense, em Florianópolis, de 1926 a 1927. Mudou-se para Porto Alegre em 1929; estudou no Ginásio Anchieta. Em 1932 começou a carreira de cronista de turfe no jornal Diário de Notícias; em 1933 trabalhou nos jornais da Manhã e da Noite; nessa época, foi nomeado Oficial de Gabinete do General Flores da Cunha, presidente do Estado do Rio Grande do Sul. Em 1934 foi nomeado funcionário público estadual da Secretaria da Agricultura. Em 1935 vinculou-se à Rádio Farroupilha, transmitindo e noticiando atividades do turfe.[1]

Casou-se, em 1939, com Alice Kanan e teve os seguintes filhos: José, Sarjob Neto, Martim Aranha Filho, Luiz Fernando e Maria Alice. Bacharelou-se em Ciências Jurídicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, turma de 1941; deixou as atividades de cronista de turfe e ingressou no Fórum de Porto Alegre. Ainda exerceu os cargos: secretário do Jóckey Club do Rio Grande do Sul; vice-presidente do Grêmio Foot-ball Porto-Alegrense, 1943 e 1944; presidente do Grêmio Foot-ball Porto-Alegrense, 1945.[2]

Foi eleito vereador para a IIª, VIª, VIIª e VIIIª Legislaturas da Câmara Municipal de Porto Alegre, respectivamente, 1952-1955, 1969-1972, 1973-1976, 1977-1982; para a IIª Legislatura, pela legenda da União Nacional Democrática – UDN, para as três últimas pela Aliança Renovadora Nacional – ARENA, Na Câmara Municipal de Porto Alegre, exerceu os cargos: vice-presidente da Comissão de Educação, Saúde Pública e Assistência Social, 1953; 2º vice-presidente da Mesa Diretora, de 17 de fevereiro a 16 de março de 1955 e de 21 de março a 5 de abril de 1955; presidente da Comissão de Finanças, 1973, 1974 e 1975; relator especial para acompanhar a execução orçamentária da Câmara, 1976; vice-presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, 1977; presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, 1979, 1980, 1981, 1982. Presidiu a Câmara Municipal de Porto Alegre no período de 5 de abril a 14 de outubro de 1955.[3]

Faleceu no dia 31 de janeiro de 1986, em Porto Alegre.

Em sua homenagem foi denominada rua Martim Aranha, logradouro localizado no bairro Boa Vista, com placas denominativas contendo os seguintes dizeres: Destacado político e desportista rio-grandense.[4]

Fonte: Site da Câmara Municipal de Porto Alegre[5]


Banco de dadosEstatística como treinador do Grêmio

GRÊMIO Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra Saldo de gols Aproveitamento
Mandante
2
1
0
1
4
2
2
50%
Visitante
3
3
0
0
19
2
17
100%
Total
5
4
0
1
23
4
19
80%

A estatística está em processo de contagem no Banco de Dados, e pode sofrer alterações. Quando estiver completa, esta mensagem será suprimida.

Banco de dadosPartidas como treinador do Grêmio

Estreia
Grêmio Nacional 1 x 9 Grêmio - 01/07/1945
Último Jogo
Força e Luz 1 x 9 Grêmio - 11/08/1945


Banco de dados.png

Referências

  1. Conforme Exposição de Motivos do Processo nº 677/87, Projeto de Lei do Legislativo nº 11/87, de autoria do vereador Raul Casa.
  2. Conforme Exposição de Motivos do Processo nº 677/87, Projeto de Lei do Legislativo nº 11/87, de autoria do vereador Raul Casa.
  3. Conforme registro na ficha cadastral do vereador e nos Anais da CMPA.
  4. Conforme a Lei Municipal nº 5.925, de 7 de julho de 1987 (Processo nº 0677/87 – PLL 11/87).
  5. Memorial Câmara PoA