Estádio da Tingaúna

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Estádio da Tingaúna
Flag of none.png

Nome Estádio da Tingaúna
Características
Local Passo Fundo - RS, Brasil
Construção
Inauguração
Data 01 de abril de 1951
Partida inaugural Independente 3 x 3 Grêmio
Primeiro gol Rubens Freire Hoffmeister
Outras informações
Mandante Esporte Clube Novo Hamburgo

O Estádio da Tingaúna foi um estádio de futebol localizado na cidade de Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil. Foi a segunda casa do Independente Grêmio Atlético de Amadores, depois do Campo da Vila Exposição. Foi inaugurado em primeiro de abril de 1951, no único confronto entre Grêmio e Independente de Passo Fundo.

História

O Independente Grêmio Atlético de Amadores havia sido criado há dez anos e ainda não tinha estádio próprio. Era inadmissível que um clube de futebol, cujos sócios pertenciam à alta sociedade passo-fundense, jogasse no acanhado campo da Vila Exposição, que pertencia ao Senhor Vitório Verardi. Este campo se localizava onde hoje está edificada a Unidade 1 da Semeato.

Decorria o final dos anos de 1940 e o empresário Aparício Lângaro iniciou um loteamento numa área de sua propriedade no Boqueirão. Pensou que teria que atrair os compradores dos lotes e então doou para o Independente uma área para construção de seu estádio. A partir daí povoaria aquela área ainda desabitada.

O Presidente do clube Hugo Lisboa e sua diretoria trabalharam diuturnamente para que no prazo mais rápido possível tudo ficasse pronto para inauguração. O estádio cercado de tábuas tinha um gramado impecável com sistema de drenagem (o primeiro a ter drenagem d’água de Passo Fundo), um pequeno pavilhão de madeiras, copa, pista de atletismo e espaço reservado para a construção de uma quadra de basquete, o que acabou não acontecendo. O estádio recebeu o nome de Tingaúna, que na língua tupi-guarani, quer dizer preto e branco, as cores do uniforme do clube.

A partida inaugural, no dia 1º de abril de 1951, teve a presença do Grêmio Porto-Alegrense, pela primeira vez em solo de Fagundes dos Reis. O time gremista tinha bons jogadores e seu último titulo do campeonato gaúcho havia sido em 1949. Depois deste dia de absoluta festa o Estádio Tingaúna ainda viveu dias de glória com jogos do clube pelo campeonato estadual de amadores e decisões de campeonatos citadinos. Até hoje sobrevive, com o clube disputando o campeonato municipal da várzea.

Dados Históricos por: Marco Antonio Damian

Referências