Copa dos Campeões de 2002

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Copa dos Campeões de 2002
Troféu Visa Electron - Copa dos Campeões 2002
Copa dos Campeões 2002.png
Dados
Participantes 16
Organização CBF
Período 3 de julho4 de agosto
Gol(o)s 83
Partidas 32
Média 2,59 gol(o)s por partida
Campeão Pará Paysandu
Vice-campeão Minas Gerais Cruzeiro
Melhor marcador 6 gols:
Melhor ataque 7 gols:
Melhor defesa nenhum gol:
Maior goleada
(diferença)
Bahia Bahia 0–4 Palmeiras São Paulo
Estádio Albertão, Teresina Piauí
3 de julho, 1ª rodada
Média pessoas por partida
◄◄ Copa dos Campeões 2001 Soccerball.png Cancelado ►►

A Copa dos Campeões de 2002 (oficialmente Troféu Visa Electron - Copa dos Campeões 2002 por questões de patrocínio) foi a terceira (e última) edição dessa competição brasileira de futebol organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Assim como nas edições anteriores, foi realizado em campo neutro em três estados da Região Nordeste (Piauí, Rio Grande do Norte e Ceará – local da decisão) e no Pará (Região Norte).

O vencedor foi o Paysandu Sport Club, que conquistou esse título pela primeira vez, além de garantir a vaga para a Copa Libertadores da América de 2003, ao derrotar o Cruzeiro nos pênaltis na decisão realizada no Estádio Castelão em Fortaleza (CE).[1]

Essa também foi a última edição da competição, devido a mudanças no calendário do futebol brasileiro de 2003 com a implantação do sistema de pontos corridos em turno e returno do Campeonato Brasileiro.

Participantes

Com a ampliação e o sucesso dos torneios interestaduais, a CBF então resolveu expandir o número de participantes, de nove em 2001 para 16 em 2002. Pela primeira vez, o campeão da edição anterior (Flamengo) garante a vaga antecipadamente. O Torneio Rio-São Paulo destinou seis vagas; a Copa Sul-Minas destinou quatro vagas; a Copa do Nordeste destinou três vagas; e a Copa Centro-Oeste e a Copa Norte destinou apenas ao campeão.

Campeonato Equipe Classificação
Torneio Rio-São Paulo

(6 vagas + atual campeão)

Rio de Janeiro Flamengo Campeão da Copa dos Campeões de 2001
São Paulo Corinthians Campeão
São Paulo São Paulo Vice-campeão
São Paulo Palmeiras Semifinalista
São Paulo São Caetano Semifinalista
Rio de Janeiro Fluminense 5º colocado
Rio de Janeiro Vasco 6º colocado
Copa Sul-Minas

(4 vagas)

Minas Gerais Cruzeiro Campeão
Paraná Athletico Paranaense Vice-campeão
Minas Gerais Atlético Mineiro Semifinalista
Rio Grande do Sul Grêmio Semifinalista
Copa do Nordeste

(3 vagas)

Bahia Bahia Campeão
Bahia Vitória Vice-campeão
Pernambuco Náutico Melhor pontuação na primeira fase
Copa Centro-Oeste

(1 vaga)

Goiás Goiás Campeão
Copa Norte

(1 vaga)

Pará Paysandu Campeão

Sistema de disputa

O formato do campeonato foi semelhante ao adotado na Copa do Mundo. Os 16 participantes foram divididos em quatro grupos de quatro equipes em turno único. Os dois melhores de cada grupo avançam para a fase quartas de final.

A partir da fase quartas de final, começa a fase eliminatória (mata-mata), em partida única, assim como na fase semifinal. Caso certa partida terminar empatada, a definição será feita através da disputa por pênaltis.

A decisão passa a ser feita em duas partidas para definir o campeão da Copa dos Campeões. Caso houver um empate no saldo de gols nos dois jogos, a decisão será feita através da disputa por penalidades máximas (pênaltis).

O campeão tem vaga garantida na Copa Libertadores da América de 2003.

Fase de grupos

Classificados para a fase final.
Eliminados da competição

Grupo A

# Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Pará Paysandu 5 3 1 2 0 4 3 +1
2 Rio de Janeiro Fluminense 5 3 1 2 0 1 0 +1
3 Pernambuco Náutico 2 3 0 2 1 3 4 -1
4 São Paulo Corinthians 2 3 0 2 1 2 3 -1
  COR FLU NAU PAY
Corinthians 0-1 1-1
Fluminense 0-0
Náutico 1–1 2-3
Paysandu 0-0

Grupo B

# Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Rio de Janeiro Flamengo 9 3 3 0 0 6 0 +6
2 Goiás Goiás 6 3 2 0 1 5 6 -1
3 São Paulo São Caetano 3 3 1 0 2 3 4 -1
4 Paraná Athletico Paranaense 0 3 0 0 3 3 7 -4
  APR FLA GOI SCA
Athletico Paranaense 1-2
Flamengo 1-0
Goiás 3-2 0-3
São Caetano 0-1 1-2

Grupo C

# Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Minas Gerais Cruzeiro 5 3 1 2 0 3 2 +1
2 Bahia Vitória 4 3 1 1 1 2 1 +1
3 São Paulo São Paulo 4 3 1 1 1 3 3 0
4 Rio Grande do Sul Grêmio 2 3 0 2 1 1 3 -2
  CRU GRE SPA VIT
Cruzeiro 1-1
Grêmio 0–2 0-0
São Paulo 1–1
Vitória 0–1 2–0

Grupo D

# Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 São Paulo Palmeiras 7 3 2 1 0 7 2 +5
2 Bahia Bahia 6 3 2 0 1 4 5 -1
3 Rio de Janeiro Vasco 2 3 0 2 1 4 5 -1
4 Minas Gerais Atlético Mineiro 1 3 0 1 2 5 8 -3
  AMG BAH PAL VAS
Atlético-MG 3–3
Bahia 3–1 0–4 1–0
Palmeiras 2–1 1–1
Vasco

Fase final

v  e

Quartas de final Semifinais Final
 17 a 21 de julho  24 e 28 de julho  31 de julho e 8 de agosto
                                     
 Rio de Janeiro Flamengo     2  
 Bahia Vitória     1  
   Rio de Janeiro Flamengo     1  
   Minas Gerais Cruzeiro     2  
 Minas Gerais Cruzeiro     2
 Goiás Goiás     1  
   Pará Paysandu (pen) 1 4 5 (3)
   Minas Gerais Cruzeiro 2 3 5 (0)
 São Paulo Palmeiras     1  
 Rio de Janeiro Fluminense     0  
   Pará Paysandu     3
   São Paulo Palmeiras     1
 Pará Paysandu     2
 Bahia Bahia     1

Finais

Copa dos Campeões
Final - Jogo de ida
Paysandu Pará 1 – 2 Minas Gerais Cruzeiro Mangueirão, Belém
31 de julho
21:45
Sandro Goiano Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32' Gol marcado aos 14 minutos de jogo 14' Fabio Júnior
Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63' Joãozinho
Público: 53 000,00
Árbitro: São Paulo Edilson Pereira de Carvalho

Copa dos Campeões
Final - Jogo de volta
Cruzeiro Minas Gerais 3 – 4 Pará Paysandu Castelão, Fortaleza
4 de agosto
16:00
Fábio Júnior Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9' Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Cris Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39'
Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11' Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22' Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40' Vandick
Gol marcado aos 57 minutos de jogo 57' Jóbson
Público: 0,00
Árbitro: São Paulo Paulo César de Oliveira
    Penalidades  
Ricardinho Erro
Vânder Erro
Jussiê Erro
0 – 3 Convertido Jóbson
Convertido Wélber
Convertido Gino
 

Premiação

Copa dos Campeões de 2002
Pará
Escudo Paysandu.png
Campeão
(1º título)

Ligações externas

Referências

  1. Müller, Ingo (30 de julho de 2012). Paysandu comemora 10 anos da conquista da Copa dos Campeões GloboEsporte.com/TV Liberal.