Beisebol

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

A Federação, 10 de janeiro de 1922

O beisebol é um esporte de taco (bastão) e bola especialmente popular nos Estados Unidos, mas também muito praticado no Japão, na Coréia do Sul, na Venezuela e na América Central. Sua origem, provavelmente, remonta a um antigo jogo britânico chamado rounders. O beisebol moderno existe a partir do conjunto de regras criado em 1845 por Alexander Cartwright em Nova Iorque, Estados Unidos. As partidas são disputadas por duas equipes de nove jogadores, que disputam turnos de defesa (arremessador) contra ataque (rebatedor). O objetivo dos jogadores do time atacante é percorrer quatro bases após as rebatidas, somando pontos.

Beisebol no Rio Grande do Sul

O beisebol é trazido para o Brasil por funcionários de empresas de origem estadunidense, sendo jogado de maneira recreativa a partir do final do século XIX. Em Porto Alegre, as primeiras aparições do esporte ocorrem em reuniões de lazer da Associação Cristã de Moços (ACM).

Beisebol no Grêmio

Embora nunca tenha oficialmente possuído um departamento de beisebol, uma equipe formada por sócios do Grêmio, provavelmente, disputou a primeira partida competitiva do esporte em Porto Alegre. Inicialmente, em 9 de janeiro de 1922, foi promovida uma demonstração na Baixada. Os participantes foram divididos em duas equipes, dirigidas por Jorge Py e por Bordini. O time comandado por Bordini saiu vitorioso. A nota publicada no jornal A Federação do dia seguinte é relativamente bem detalhada, ainda que descreva o esporte de maneira muito pouco realista.

A Federação, 11 de janeiro de 1922

Após o jogo de exibição, os melhores atletas foram selecionados para comporem uma equipe denominada Kannaya, que teria a seguinte disposição:

A Federação, 16 de janeiro de 1922

Através de publicações na imprensa, o Kannaya aceitava competir com qualquer desafiante da Capital e do interior do Estado. Em 14 de janeiro de 1922, o primeiro desafiante, uma equipe formada por membros da ACM, foi derrotada na Baixada por 17 a 4, naquela que é a única partida disputada pelo Kannaya identificada até o momento.

Depois dessa primeira tentativa frustrada de introdução do esporte em Porto Alegre, o beisebol voltaria a ganhar algum interesse apenas no final da década de 1950, a partir do incremento da imigração japonesa para o Rio Grande do Sul. Nessa nova fase, no entanto, não ocorreu participação direta do Grêmio.


Referências

  1. Breve História do Beisebol
  2. Origens do Beisebol no Rio Grande do Sul