Fatos Marcantes

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
Ir para: navegação, pesquisa

Durante a história o Grêmio reuniu diversos fatos curiosos e marcantes, abaixo uma lista com alguns:


  • 1972: A primeira partida de futebol transmitida a cores no Brasil foi Grêmio x Caxias, em 1972, pela TV Difusora.
  • []: Diferente do que é custumeiramente divulgado, o primeiro jogador negro do Grêmio não foi Tesourinha em anos 1950, uma vez que o Tricolor tem contado com inúmeros jogadores negros desde a década de 1920.
  • 1996: O Grêmio foi o primeiro clube do Brasil a criar a Calçada da Fama do Grêmio, para homenagear jogadores que se destacaram na história do clube. O fato ocorreu em 1996.
  • []: O Grêmio cedeu três jogadores para a Seleção Brasileira que foram campeões em Copas do Mundo. Em 1970 Everaldo foi tri-campeão e em 2002 Ânderson Polga e Luizão foram pentacampeões.
  • 2007: Sebastián Saja tornou-se o primeiro goleiro a marcar um gol pelo Grêmio em competições oficiais. O feito ocorreu no dia 3 de novembro de 2007, no jogo entre Grêmio e Figueirense, válido pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio Olímpico Monumental. Antes disso, o goleiro Nélson foi o primeiro da posição a marcar um gol, em uma partida amistosa contra o 24 de Maio, na inauguração do estádio do clube de Itaqui.
  • 2009: O clube foi o primeiro da história do Campeonato Brasileiro, na fórmula de pontos corridos, a terminar a competição invicto em casa. O fato ocorreu em 2009.
  • 2010: O time de 2010 comandado por Silas superou uma marca da temporada 1979, em que a equipe era comandada por técnico Orlando Fantoni. O clube venceu quinze vezes consecutivas em competições oficiais. A série começou na vitória de cinco a um contra o Universidade, pelo Campeonato Gaúcho e terminou na derrota para o Pelotas por dois a um, válida pela Taça Fábio Koff, o segundo turno da mesma competição.
  • []: O Grêmio alcançou a marca de 51 jogos sem perder no estádio Olímpico, de 2008 à 2010.
  • []: A frase "Com o Grêmio onde o Grêmio estiver" foi criada por Salim Nigri, um dos grandes torcedores da história do Grêmio.