Página principal

De Grêmiopédia, a enciclopédia do Grêmio
(Redirecionado de Categoria:Página principal)
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Grêmiopédia

A enciclopédia do Grêmio.

4 551 artigos
4 403 imagens
11 usuários ativos

Índice · Portais · Calendário · Políticas · Contato

Artigo em destaque Apresentação
Deleonlibertadores.JPG
Criada no ano de 1960, a Taça Libertadores da América, nome em homenagem aos principais líderes da independência das nações da América do Sul, tinha como campeões os maiores times do continente, a citar Peñarol, Independiente, Estudiantes, Nacional-URU, Boca Juniors e Olimpia. Os brasileiros não tinha um grande rol de campeões, sendo somente Santos, Flamengo e Cruzeiro os times que, antes do Grêmio, levantaram a taça.

A competição era dominada por dois clubes, Independiente e Peñarol, sendo o primeiro 6 e o segundo 4 vezes campeão, seguido pela equipe argentina do Estudiantes de La Plata, com 3 conquistas e outros vários com 2 e 1 título, a citar importantes clubes como Nacional-URU e Boca Juniors, ambos com 2 taças. Por ironia do destino, o Grêmio viria a participar da copa de 83 com três dos cinco maiores clubes da competição, além do Flamengo de Zico, contra o qual havia perdido o polêmico Campeonato Brasileiro de 1982.

O prestígio da Copa Libertadores não se dava apenas ao confronto entre grandes plantéis do futebol sul-americano, mas também ao fato da mesma levar ao Mundial Interclubes. Até então a competição não levava a disputa da Recopa Sul-Americana, criada no ano de 1989, dado que não havia uma segunda competição na América do Sul, mas conferia ao vencedor o direito a disputa da Copa Interamericana, que não era jogada continuamente por diversos problemas de datas e segurança. (leia mais...)

Logo Grêmiopédia.png

A Grêmiopédia é um projeto de enciclopédia que visa recuperar a história do Grêmio. Temos como propósito primordial a pesquisa, divulgação e consolidação de conteúdo histórico e atual sobre o clube evitando que o conteúdo histórico seja perdido com o tempo.

O projeto é de edição restrita a usuários cadastrados após seleção, evitando que haja vandalismo com o conteúdo existente. A plataforma utilizada permite armazenar todas as edições feitas, mas o pequeno número de moderadores tornaria a descoberta do vandalismo mais demorada.

Todos os colaboradores da Grêmiopédia são voluntários. O projeto não possui um dono, sendo organizado de forma hierárquica para fins de administração e boa parte das decisões tomadas pelo grupo de editores.

Aqueles interessados em auxiliar o projeto como editores ou colaboradores podem entrar em contato pelos meios fornecidos neste link, onde também podem apontar eventuais correções a serem feitas.

O conteúdo publicado segue as diretrizes da Mediawiki, sendo o material livre de direitos autorais ou com fontes devidamente citadas. Todas as informações de autoria dos editores é livre de direitos autorais, conforme princípios wiki que o projeto está vinculado.

Agradecemos a todos que auxiliam, visitam ou compartilham o conteúdo da Grêmiopédia por materializar o objetivo do site de manter viva a história do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

partidas atuais 14 de dezembro na história

Último jogo


Mundial de Clubes de 2017
12/12, Terça-feira
15:00(UTC-2)

Escudo Grêmio.png
Grêmio
1x0
Escudo Pachuca.png
Pachuca - MEX
Estádio Hazza bin Zayed


Próximo jogo

Mundial de Clubes de 2017
16/12, Sábado
15:00(UTC-2)

Escudo Grêmio.png
Grêmio
x
Escudo Real Madrid.png
Real Madrid-ESP
Estádio Xeique Zayed

Imagem do dia Já joguei no Grêmio
Renato Portaluppi.jpg

Renato Portaluppi, também conhecido como Renato Gaúcho (Guaporé-RS, 9 de setembro de 1962), é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como ponta-direita. Iniciou sua carreira nas categorias de base do Clube Esportivo Bento Gonçalves, sendo posteriormente transferido ao Grêmio. É dos grandes nomes do futebol brasileiro nos anos 80 e anos 90, além de ser um dos maiores jogadores da história do Grêmio, graças a passagem de sucesso pelo Tricolor Gaúcho. Foi campeão do Mundo pelo Grêmio, sendo ídolo também no Fluminense e Flamengo.

Ainda na adolescência, Renato passou a treinar futebol no Esportivo escondido da família. Trabalhava meio turno na fábrica de móveis Todeschini e o restante do tempo no futebol. Ainda no alviazul de Bento Gonçalves, fez parte da equipe de 1979 daquele clube, um dos principais elencos da história do time bento-gonçalvense, Campeão do Interior e vice-campeão gaúcho, perdendo o título para o Grêmio.

Apesar do grande resultado do time de Bento Gonçalves, Renato era um reserva no time comandado por outro grande nome da história do Grêmio Valdir Espinosa, então treinador da equipe da serra gaúcha. Com o tempo Renato foi conquistando espaço na equipe, jogando sua primeira partida como titular em 12 de agosto de 1979, quando ainda tinha 16 anos. (leia mais...)